uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Câmara da Chamusca gastou um milhão de euros e ficou com um prédio degradado

Edição de 19.01.2017 | O MIRANTE dos Leitores

Eh pá! Tenho um carrito de 1998, com 161 mil quilómetros, a precisar de uma pintura, só isso, mais nada. Dá para fazer um ‘acordozito’? Usam-no um ano e devolvem-mo pintadinho com a cor de origem. Bem, sinceramente, há acordos dos quais o comum contribuinte só sabe muito tempo depois e apenas umas pontas soltas mas nesses entremeios gasta-se dinheiro como se não houvesse amanhã. Gerir assim é fácil. E se alguém diz, eh pá, não temos dinheiro, aumenta-se o IMI, taxas, etc., e as pessoas têm de pagar até ao dia determinado para não levarem com coima, tenham ou não tenham dinheiro. Senhores políticos, ponham-se na pele do comum contribuinte, despojem-se de ideias políticas, e apreciem a real dificuldade que o comum mortal tem em compreender qual a necessidade de autarquias e demais “onanismos” hipotecarem as gerações que hão-de vir, essas mesmas que raramente chegam a conhecer quem lhes passou tal factura!!
João Arsénio Setúbal

É fartar vilanagem! É fartar que quem trabalha está cá para pagar o que for preciso. Quando me vêm com a história das autarquias serem quem melhor administra o dinheiro público eu fico com os cabelos em pé. É que casos como este da Chamusca há por aí às dúzias pelo país fora. Aqueles que os partidos políticos nos apresentam para escolhermos são quase sempre os mais incapazes dos incapazes. O único mérito que têm é o de saberem controlar as organizações a que pertencem...mas como diz o povo, com razão, em terra de cegos quem tem um olho é rei. Ou seja, muitos são apenas os reis dos zarolhos. Ir votar é importante mas ir votar no menos mau é uma frustração terrível.
Mário Mendes Rosa

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...

    Capas

    Assine O MIRANTE e receba o Jornal em casa
    Clique para fazer o pedido