uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Ladrões levam 19 borregos de propriedade em Alvega

Ladrões levam 19 borregos de propriedade em Alvega

Intrusos arrastaram os animais cerca de 500 metros até à viatura onde os transportaram.

Edição de 19.01.2017 | Sociedade

Artur Lopes é um produtor de gado desiludido. Nas primeiras semanas deste ano viu desaparecerem 19 borregos da sua exploração em Alvega, concelho de Abrantes. “Este já é o pior ano em criação nova” de ovelhas. O prejuízo atinge os 1100 euros. Quem vem roubar é tudo ganho”. É assim que reage, depois de ser vítima de dois furtos.
O primeiro roubo ocorreu na madrugada de dia 6 e o segundo na de 11 de Janeiro, nas imediações da povoação. “Às quatro e meia da manhã passei na exploração e estava tudo tranquilo. Às 8h00, quando lá cheguei, dei pela falta dos borregos”, explica.
“Todos os anos temos furtos de gado mas em menor número de cada vez”, conta a sua mulher, Paula Lopes. Naquela exploração contam-se mais de 600 cabeças de gado, 300 ovelhas, algumas cabras e 300 borregos, a primeira criação deste Inverno. Só os animais adultos estão identificados com microchip.
Pelas marcas deixadas no terreno, Artur acredita que os ladrões “seguramente dois”, arrastaram os borregos pelo restolho do milho durante cerca de 500 metros até um veiculo estacionado no caminho paralelo àquele que é utilizado pelo proprietário. Os assaltantes maltrataram os cães utilizando uma forquilha. Escolheram noites de nevoeiro “para que as pessoas que vivem em Ortiga, do outro lado do rio Tejo, não vissem as luzes durante a noite” e eventualmente dessem o alerta, refere Artur. A GNR está a investigar as ocorrências.

Ladrões levam 19 borregos de propriedade em Alvega

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...

    Capas

    Assine O MIRANTE e receba o Jornal em casa
    Clique para fazer o pedido