uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Bombeiros dominam escolhas do Orçamento Participativo de Vila Franca de Xira
apoio. Corporações vão receber novas viaturas como aconteceu na Castanheira do Ribatejo

Bombeiros dominam escolhas do Orçamento Participativo de Vila Franca de Xira

Dos seis projectos vencedores quatro são relativos a corporações do concelho. Edição deste ano fica marcada pela redução do número de votantes e de projectos apresentados pela população. Município colocou à disposição dos munícipes um milhão de euros para os projectos vencedores.

Edição de 26.01.2017 | Sociedade

A edição de 2016 do Orçamento Participativo promovido pela Câmara de Vila Franca de Xira foi dominada por projectos de apoio a corporações de bombeiros do concelho, que receberam mais votos que as restantes ideias e propostas dos moradores. Em seis projectos vencedores quatro dizem respeito a corporações de bombeiros, entidades já apoiadas financeiramente pelo município. Das 40 propostas inicialmente apresentadas, só 28 foram submetidas a votação após análise técnica.
Na União de Freguesias de Alhandra, São João dos Montes e Calhandriz venceu a proposta de aquisição de equipamentos para os bombeiros da freguesia (495 votos), contra 225 votos da segunda proposta mais votada, a modernização de equipamentos recreativos e sociais da Euterpe Alhandrense. Em Alverca o projecto vencedor, com 1949 votos, foi a aquisição de um veículo-tanque urbano e equipamentos de protecção individual para os bombeiros da cidade. A segunda proposta mais votada, com 1628 votos, foi a concretização da Casa do Músico da Sociedade Filarmónica Alverquense, que perdeu pelo segundo ano consecutivo.
Cenário semelhante na freguesia da Castanheira e Cachoeiras, onde venceu uma proposta de aquisição de uma viatura para os bombeiros, com 538 votos. A segunda proposta mais votada, com 38 votos, foi a requalificação da zona ribeirinha da Vala do Carregado. E na União de Póvoa de Santa Iria e Forte da Casa o cenário é idêntico: o projecto mais votado foi também o da compra de um veículo para os bombeiros da cidade, com 280 votos. O projecto “Modernizar a Cercipóvoa” ficou em segundo lugar com 219 votos.
As excepções foram Vila Franca de Xira, onde venceu um projecto de requalificação do Centro de Bem-Estar Infantil, com 500 votantes. Nessa cidade havia também um projecto de apoio aos bombeiros (remodelação da infraestrutura informática do quartel) mas ficou em segundo lugar, com 338 votos. E em Vialonga esteve apenas um projecto a concurso, o de requalificação do auditório do Centro Comunitário de Vialonga, que recolheu 40 votos.
Nesta edição houve menos projectos apresentados pela população e menos votantes. Perto de oito mil pessoas votaram nos projectos, ao passo que no ano anterior houve 15 mil votantes. As propostas apresentadas também desceram, de 55 para 40. A redução do número de votantes pode ser explicado pelas alterações nos sistemas de voto, a começar pelo facto de apenas os moradores recenseados no concelho poderem votar.
Este foi o primeiro orçamento participativo realizado depois das polémicas do ano passado, em que se registaram erros em algumas votações e várias queixas de munícipes, como O MIRANTE deu conta.

Bombeiros dominam escolhas do Orçamento Participativo de Vila Franca de Xira

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...