uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Morreu Manuel Fontes o último calafate de Ortiga

Morreu Manuel Fontes o último calafate de Ortiga

Ao longo da vida construiu cerca de três centenas de barcos

Edição de 26.01.2017 | Sociedade

Morreu o último calafate de Ortiga, concelho de Mação, Manuel Pires Fontes, aos 90 anos de idade. Aos 78 anos, quando O MIRANTE fez uma reportagem com ele, ainda trabalhava nesta arte de construir barcos. Manuel, que ao longo da vida construiu cerca de três centenas de barcos, faleceu com problemas respiratórios.
Começou a aprender a profissão de carpinteiro de construção civil quando acabou a quarta classe. Mas cansou-se de fazer portas e janelas e decidiu-se pelo fabrico de barcos, os picaretos com que os pescadores tiravam do Tejo os sáveis, as lampreias e as sabogas. “O primeiro barco que fiz vendi-o por 950 escudos”, contou numa reportagem de O MIRANTE em 2004. Comprava as árvores - oliveiras, para talhar os braços dos barcos, e pinheiros para as restantes peças. Cortava-as em toros grossos e estes eram transportados para a aldeia em carros de bois, depois em camionetas.
Cada barco demorava um mês a construir. Manuel Fontes também era pescador e contou na altura que houve dias em que pescava 100 sáveis e dormia no barco para guardar o pescado. “Dormi seis meses seguidos num picareto e nunca acordei com reumático. Agora durmo em colchões de molas e espuma e acordo cheio de reumático. Eu e os outros, porque já não há homens como dantes”, salientou.

Morreu Manuel Fontes o último calafate de Ortiga

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...