uma parceria com o Jornal Expresso
24/04/2017
Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
NOVIDADE. SEF de Alverca vai continuar a funcionar mas agora apenas vai atender cidadãos estrangeiros que residam no concelho de Vila Franca de Xira
SEF de Vila Franca de Xira deixa de atender quem for de fora do concelho
Excesso de afluência de utentes à unidade de Alverca estava a causar problemas na zona. Há cada vez mais estrangeiros a procurar os serviços do SEF em Alverca como alternativa às congestionadas instalações de Lisboa mas isso tem gerado problemas no local, com longos períodos de espera para atendimento e queixas dos moradores.
Edição de 20.04.2017 | Sociedade

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) de Alverca, que serve o território de Vila Franca de Xira, vai deixar nos próximos meses de realizar atendimentos a cidadãos que não sejam residentes no concelho. O objectivo da medida é permitir um melhor e mais rápido atendimento aos estrangeiros que vivam no concelho. Isto porque o serviço de Alverca estava a ter um excesso de procura por parte de pessoas de outros pontos do país, que fogem dos postos de atendimento de Lisboa, que têm elevadas afluências.
A situação acabava por causar longas filas para atendimento e alguns moradores da zona também se queixavam face ao barulho provocado na rua e pelos distúrbios ali causados entre os estrangeiros de diferentes etnias. “Tive esta semana uma reunião com a directora-geral do SEF e foi possível encontrar esta solução. A nossa obrigação é apoiar os estrangeiros que residem no nosso território e aqui desenvolvem as suas vidas. No protocolo inicial que estabelecemos com essa entidade estava previsto que a unidade de Alverca pudesse também atender cidadãos de concelhos limítrofes. Há agora a possibilidade de acabar com isso”, informa Alberto Mesquita (PS).
A nova solução terá ainda de ser alvo de um protocolo a estabelecer entre a câmara e o SEF. O assunto foi discutido esta semana depois da vereadora Helena de Jesus, da Coligação Novo Rumo, liderada pelo PSD, ter questionado o presidente do município sobre o ponto de situação das negociações com o SEF.
A reformulação do serviço de Alverca do SEF não é novo. Esta entidade tem tentado emagrecer o serviço daquela cidade e o assunto chegou mesmo a ser notícia a 9 de Março, quando esteve para ser aprovado um novo protocolo de cedência de espaço municipal para instalação de um reformulado serviço de atendimento de proximidade do SEF, que previa ter apenas duas pessoas ao serviço e fechar as actuais instalações.
O documento acabou por ser retirado da votação para ser melhor aprofundado.
O SEF, recorde-se, está em instalações em Alverca que são propriedade municipal e estão cedidas ao Ministério da Administração Interna desde 2010.

Comentários
Mais Notícias
    A carregar...