uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Um dia cheio de amor e muitas flores para os idosos de Vila Franca de Xira

Um dia cheio de amor e muitas flores para os idosos de Vila Franca de Xira

A edição deste ano da Festa da Flor reuniu perto de 1500 utentes de várias instituições do concelho para desfrutarem do bom tempo, da música, do almoço de convívio e do bailarico.

Edição de 26.04.2017 | Sociedade

Para muitos idosos do concelho de Vila Franca de Xira a Festa da Flor é uma tradição, o dia pelo qual esperam todo o ano. É uma oportunidade para os que estão nas várias instituições do concelho e aqueles que, de livre vontade, querem participar e conviver. E tanto há os veteranos como os que, como Maria Adelaide Augusto, 74 anos, foram à festa este ano pela primeira vez.
Maria Adelaide veio com a Associação de Reformados e Idosos da Póvoa de Santa Iria (ARIPSI), onde está há dois anos, para ver o espectáculo da Primavera de que as amigas que fez na associação lhe falavam. Maria Adelaide entrou para a ARIPSI por incentivo da filha que trabalha por turnos num hospital e não ficava descansada por ter a mãe sozinha em casa depois de ela ter partido uma perna. É com a filha e com o genro que Maria Adelaide vive pois é viúva há 42 anos. A filha aconselhou-a a ter o acompanhamento da ARIPSI devido ao problema na perna. Ela aceitou e agora reconhece que foi uma óptima escolha: “Lá o tempo passa-se e a gente está distraída e divertida. E fazemos muitas amizades”.
Uma dessas amizades é Laura Mendonça, 86 anos. Na festa realizada a 19 de Abril esteve sentada ao lado de Maria Adelaide na barraquinha da ARIPSI no Pavilhão Multiusos de Vila Franca de Xira, onde decorreu grande parte das actividades. Estavam as duas na barraquinha a mostrar os trabalhos que fizeram com flores e outros materiais, tal como as restantes senhoras da associação. Laura está há cerca de cinco anos na ARIPSI mas antes já cooperava com a associação há quase dez. É viúva há 14 anos. Tem um filho, que é taxista no Forte da Casa, que a vê com frequência e lhe telefona todos os dias, e ainda dois netos e cinco bisnetos. Desde que se juntou à ARIPSI vem sempre com grande gosto à Festa da Flor. E embora este ano não possa dançar, devido a problemas de coração, incentiva quem possa aproveitar.
E muitos seguiram o conselho. Estiveram perto de 1500 idosos na Festa da Flor deste ano e, além do bailarico, também houve o almoço de convívio, os jogos tradicionais no Parque Urbano do Cevadeiro e as marchas e os desfiles com flores que começaram em frente ao edifício da Câmara de Vila Franca de Xira, passaram pelo mercado municipal e terminaram numa volta ao pavilhão multiusos. Quem não pôde dançar, aproveitou a música e o convívio.

Um dia cheio de amor e muitas flores para os idosos de Vila Franca de Xira

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...