uma parceria com o Jornal Expresso
24/05/2017
Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Empresa acusada de poluição denuncia descarga ilegal em Torres Novas
Fabrióleo comunicou situação às autoridades e apela ao aumento da vigilância
Edição de 11.05.2017 | Sociedade

A empresa Fabrióleo, que tem sido acusada de poluição da ribeira da Boa Água, afluente do rio Almonda, denunciou às autoridades uma descarga poluente que detectou e da qual não tem qualquer responsabilidade. A empresa comunicou a presença de um produto branco com um forte odor, que aparentava ser tinta na “localidade de Lamarosa - Valtibão, a cerca de seis quilómetros da fábrica da Fabrióleo”. A situação ocorreu no sábado, 6 de Maio.
A Fabrióleo, que até apresentou as coordenadas GPS do local exacto, referiu na queixa que quando o produto foi detectado na linha de água “ainda se encontrava líquido e os rastos estavam frescos”. A empresa diz condenar este tipo de comportamento, “que apenas contribui para a degradação do meio ambiente e para o clima de suspeição que envolve a empresa”.
Em comunicado, a empresa “insta as autoridades competentes a aumentar a vigilância, já que episódios como este são frequentes, sendo comunicados regularmente a essas mesmas autoridades por parte da Fabrióleo”. Acrescenta que há várias descargas ilegais por todo o concelho, realçando que “muitas das empresas da região não dispõem de qualquer sistema de tratamento de resíduos e também não há saneamento básico”.
No mesmo comunicado, a Fabrióleo recorda que tem tomado iniciativas para melhorar o seu processo produtivo, “disponibilizando-se para contribuir para a solução deste problema e melhorar a qualidade ambiental do concelho”. “A Fabrióleo reitera o seu empenho na cooperação com todas as entidades públicas e privadas do concelho de Torres Novas, onde está instalada, para que se encontrem as soluções globais de boas práticas ambientais de todos os agentes públicos e privados”, sublinha.

Comentários
Mais Notícias
    A carregar...
    Capas
    Assine O MIRANTE e receba o Jornal em casa
    Clique para fazer o pedido