uma parceria com o Jornal Expresso
24/08/2017
Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Blocos operatórios do Hospital de Santarém entram finalmente em obras

Blocos operatórios do Hospital de Santarém entram finalmente em obras

Blocos central e de partos foram projectados em 1978 e são da altura da construção há 32 anos

Edição de 18.05.2017 | Sociedade

As obras do bloco operatório central do Hospital de Santarém vão começar nos próximos dias. A montagem do estaleiro por parte da empresa que vai fazer os trabalhos já começou no início desta semana. Ao mesmo tempo vão também começar as obras do bloco de partos. Com estas obras vai ser implementado um plano de organização de modo a que os trabalhos afectem o mínimo a actividade do hospital.
Ambos os blocos já são do início da construção da unidade de saúde, em 1985, com base num projecto de 1978, e já estão desajustados. Durante o tempo das obras, as grávidas vão ser encaminhadas para um bloco temporário, entretanto construído, e que depois das obras vai ficar a funcionar em apoio aos blocos do hospital, aumentando assim a capacidade em cerca de 20 por cento, segundo explicou a O MIRANTE o presidente do conselho de administração, José Josué.
O bloco operatório central encontra-se encerrado e os utentes serão encaminhados para cirurgias no Hospital de Torres Novas, do Centro Hospitalar do Médio Tejo, no âmbito de uma parceria que permitiu ao Hospital de Santarém utilizar este equipamento que estava sem uso. Recorde-se que o bloco central de Santarém chegou a ser encerrado várias vezes devido a problemas de humidade, devido ao deficiente funcionamento dos equipamentos de tratamento e renovação do ar.
O processo para a renovação do bloco central foi bastante moroso e só em Outubro do ano passado o ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, autorizou a intervenção. Recorde-se, como chegou a explicar José Josué, que as obras num valor de cerca de 5,5 milhões de euros foram candidatadas a fundos europeus em 2015, na altura do Governo social-democrata de Passos Coelho. Recorde-se que já em 2014 o então ministro, Paulo Macedo, garantia que ia encontrar a curto prazo uma solução para os problemas estruturais do bloco operatório.

Blocos operatórios do Hospital de Santarém entram finalmente em obras

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...