uma parceria com o Jornal Expresso
27/06/2017
Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Ourém pede ao Governo ligação do IC9 à A1 em Fátima
Edição de 18.05.2017 | Sociedade

O presidente da Câmara de Ourém, o socialista Paulo Fonseca, desafiou o Governo a concretizar a ligação do itinerário complementar 9 (IC9) ao nó de Fátima da autoestrada A1. “Há seis anos abrimos o IC9, a via rápida mais relevante para este concelho e que estava previsto que ficasse ligada à autoestrada 1, aqui bem perto de Fátima”, afirmou Paulo Fonseca, referindo que “o Governo de então, por razão da crise” que se atravessava, decidiu “mandar cortar essa ligação”.
O autarca discursava na cerimónia de assinatura do acordo de colaboração entre o Turismo de Portugal, o Centro Nacional de Cultura e a Associação Caminhos de Fátima, na presença dos secretários de Estado do Turismo e das Infraestruturas, Ana Mendes Godinho e Guilherme Oliveira Martins, respetivamenteque, e que decorreu no dia 3 de Maio em Fátima.
Considerando ser “absolutamente fundamental” retomar o projecto de ligação do IC9 à A1 em Fátima, Paulo Fonseca sublinhou que “a verba estava cabimentada na altura” e o projecto “feito e aprovado”. “Conto consigo, conto com o Governo”, acrescentou o autarca, dirigindo-se a Guilherme Oliveira Martins.
O secretário de Estado das Infraestruturas nada disse sobre esta matéria e destacou o contributo das Infraestruturas de Portugal “para poder ajudar” no projecto dos Caminhos de Fátima.
Em 2012, a Câmara de Ourém exigiu ao Governo que contemplasse uma ligação directa entre o IC9 e a A1 na zona de Fátima. “O IC9 sem uma ligação directa à A1 e que permita um rápido acesso a Leiria, por exemplo, não serve para nada. Por outro lado, obrigaria a despejar todo o trânsito do IC9 numa estrada municipal, o que é impossível de funcionar”, referiu na ocasião Paulo Fonseca.

Comentários
Mais Notícias
    A carregar...