uma parceria com o Jornal Expresso
20/08/2017
Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Protocolo para gestão dos órgãos históricos de Santarém

Protocolo para gestão dos órgãos históricos de Santarém

Edição de 25.05.2017 | Sociedade

A Câmara Municipal de Santarém, a Diocese de Santarém e a Santa Casa da Misericórdia de Santarém assinaram um protocolo para a manutenção ou gestão dos órgãos históricos existentes na cidade. Esta parceria visa “defender, estudar, reabilitar, manter, promover, supervisionar, divulgar, prestigiar e representar o acervo de património designado por órgãos históricos de Santarém, assim como promover, supervisionar e autorizar todos os eventos performativos, formativos, turísticos e outros que estão relacionados com o mesmo acervo”.
Refira-se que o III Ciclo de Órgãos de Santarém vai decorrer entre os dias 3 de Junho e 30 de Julho de 2017. Na cidade existem órgãos na Igreja de Jesus Cristo (propriedade da Misericórdia de Santarém); na Igreja da Piedade (Diocese de Santarém); na Igreja de Marvila (Diocese de Santarém); na Igreja de São Nicolau (Diocese de Santarém); na Igreja da Misericórdia (Misericórdia de Santarém); na Igreja da Alcáçova (Diocese de Santarém); e na Igreja Catedral de Santarém (Diocese de Santarém).
Assinaram o protocolo Susana Pita Soares, vice-presidente da Câmara de Santarém, Joaquim Ganhão, padre da Diocese de Santarém, e Mário Rebelo, provedor da Misericórdia de Santarém.

Protocolo para gestão dos órgãos históricos de Santarém

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...