uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Empresas do Médio Tejo conheceram novo sistema de incentivos
candidaturas. Interessados ficaram a conhecer sistema que não é exclusivo dos territórios de baixa densidade

Empresas do Médio Tejo conheceram novo sistema de incentivos

SI2E apresentado pela Nersant em Torres Novas, Abrantes e Ourém

Edição de 14.06.2017 | Economia

Os avisos para a primeira fase de candidaturas ao SI2E estão já abertas, quer para a região do Médio Tejo, quer para a região da Lezíria. O prazo para a submissão de candidaturas nesta fase é até ao dia 16 de Junho (18h00).

Na sequência da abertura de concursos para as empresas da região do Médio Tejo, a Nersant - Associação Empresarial da Região de Santarém agendou sessões de esclarecimento gratuitas para os empresários dessa zona. Realizou seminários em Torres Novas, Abrantes e Ourém, no total de mais de 100 empresários presentes.
Em Torres Novas, a sessão decorreu no dia 5 de Junho, em Abrantes, dia 6 e em Ourém no dia 7 de Junho.
Nas sessões, a associação prestou esclarecimentos sobre o Sistema de Incentivos ao Empreendedorismo e ao Emprego (SI2E), novo apoio que pretende estimular a criação de micro e pequenas empresas ou a expansão ou modernização de micro e pequenas empresas em territórios de baixa densidade e por essa via promover o desenvolvimento e a coesão económica e social do país. O prazo para a submissão de candidaturas nesta fase é até ao dia 16 de Junho (18h00).
A Nersant explicou ainda que o sistema de incentivos não se aplica exclusivamente aos territórios de baixa densidade, favorecendo através de majorações específicas os investimentos neles realizados e sobretudo cria condições para uma maior dinâmica empresarial ao ajustar tipologias de projectos às condições reais das micro e pequenas empresas do interior.
O SI2E apoia investimentos até 235 mil euros (100 mil euros nos DLBC - Desenvolvimento Local de Base Comunitária), para a criação líquida de postos de trabalho e investimentos em máquinas e equipamentos, informática, marcas, planos de marketing e pequenas obras de remodelação.
Compatível com outras candidaturas no âmbito do Portugal 2020 - e desde que não sejam contemplados os mesmos investimentos - esta é uma excelente forma de as empresas em territórios de baixa densidade virem complementar os seus investimentos. De referir que desde há muito tempo os fundos comunitários não lançavam no mercado um sistema de incentivos que apoiasse a fundo perdido a aquisição de equipamentos e obras de remodelação. Para além das sessões de esclarecimento do Médio Tejo, a Nersant também dinamizou sessões de esclarecimento em Maio na região da Lezíria do Tejo (Santarém, Cartaxo e Benavente), logo que abriram candidaturas ao programa naquela região.
Mais informações ou outros esclarecimentos sobre os sistemas de incentivos podem ser obtidos junto do Departamento de Apoio Técnico, Inovação e Competitividade da Nersant através dos contactos portugal2020@nersant.pt ou 249 839 500.

Empresas do Médio Tejo conheceram novo sistema de incentivos

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...

    Capas

    Assine O MIRANTE e receba o Jornal em casa
    Clique para fazer o pedido