uma parceria com o Jornal Expresso
24/07/2017
Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Mari Lúcia Paixão Fragoso
Técnica de Contabilidade, Centro de Contabilidade J. Vassalo, Lda., Salvaterra de Magos
Edição de 22.06.2017 | Agora Falo Eu

No Verão sabe bem uns caracóis e uma cerveja? Toda a gente diz que sim mas a mim não me convencem. Nem uma coisa nem outra.

Era capaz de se tornar vegetariana? Só se fosse obrigada. Gosto muito de um bom bife.

É daquelas pessoas que gosta de estacionar o automóvel o mais perto possível dos locais onde vai? Sim, mas só se houver algum lugar disponível. Não gosto de perder tempo.

Alguma vez gastou dinheiro para ir ver futebol? Nunca. Não sou fã e não vou aos estádios. Por mera curiosidade gosto de saber os resultados dos jogos da nossa selecção e fico contente quando ganhamos.

Conseguia viver sem telemóvel? Conseguir viver sem telemóvel conseguia mas não seria a mesma coisa.

À mesa, de que lado do prato é que deve ser colocado o telemóvel ou smartphone? Tanto faz ficar à esquerda como à direita do prato, depende do lado que ficar a mala para não incomodar ninguém. Não tenho por hábito estar com telefone quando estou à mesa.

Nas férias prefere praia, campo ou neve? Férias são férias e são boas em qualquer lado mas a neve não me diz grande coisa e o campo já faz parte do meu dia-a-dia, por isso prefiro praia. Apesar de não gostar muito de areia, penso nas minhas crianças, que tanto gostam. O meu destino escolhido é o Algarve, pois assim além de férias também estou com a minha família que lá mora.

Qual é o seu truque para manter a calma perante um imprevisto? Acreditar que sou capaz de resolver esse imprevisto dá-me a calma necessária para o enfrentar.

Os jovens estão motivados para manter as tradições? Se as gerações mais antigas não os motivarem será difícil.

Costuma comprar raspadinhas? De vez em quando mas infelizmente não tenho muita sorte ao jogo.

O que punha a funcionar na sua terra que não existe? O que mais nos faz falta, e conheço outras pessoas que têm a mesma opinião, é alguma coisa para ocuparmos os nossos filhos durante os períodos de férias escolares.

Era capaz de viver sem música? Não, a música faz-me ficar mais bem disposta e ajuda-me a levantar o astral, deixando-me mais relaxada.

Que estação do ano prefere? Prefiro a Primavera. Gosto de ver os campos verdes e as plantas floridas. É a estação do ano mais alegre.

No S. Martinho é tradição comer... Castanhas, castanhas quentinhas e boas... Quer dizer, “boas, às vezes”.

Gosta de lareira? Gosto bastante, pois as tradições, tal como já referi, devem ser motivadas pelos mais antigos. Eu fui crescendo sempre com o hábito da lareira a arder no Inverno e acho que é uma tradição que vai ter continuidade pois em casa todos gostam.

Quando viaja prefere que meio de transporte? Tenho preferência pelo carro, para não estar dependente de nada.

Lembra-se da última vez que usou a bicicleta como meio de transporte? Foi durante o período em que andei na escola.

No Natal o que não pode faltar na sua mesa? No Natal nunca pode falta o bacalhau com todos.

Ler jornais é saber mais? Não considero saber mais mas sim ter conhecimento e saber o que se passa na nossa sociedade.

O que significa a expressão “gozar a vida”? É aproveitar cada momento como se fosse o último. Divertirmo-nos o melhor possível.

Já se sente à vontade a escrever com o novo Acordo Ortográfico? Vou tentando, pois mais dia menos dia vai ser obrigatório, para já a resposta é “nim”. Aquilo baralha-me os neurónios.

Tem a profissão que gostaria de ter? Gosto muito daquilo que faço apesar de os nossos governantes estarem sempre a mudar as leis, o que por vezes desmotiva.

Deitar cedo e cedo erguer dá saúde e faz crescer? O fazer crescer não me parece mas que dá saúde e boa disposição sim.

Gosta de grandes reuniões familiares? Sim, gosto muito. Acho que são momentos que devemos aproveitar pois estamos neste mundo apenas de passagem.

Comentários
Mais Notícias
    A carregar...