uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Parreirita Cigano cumpre o sonho de tirar alternativa na Grande Corrida de O MIRANTE no Campo Pequeno

Parreirita Cigano cumpre o sonho de tirar alternativa na Grande Corrida de O MIRANTE no Campo Pequeno

Cavaleiro do Cartaxo diz que trabalha todos os dias para proporcionar bom espectáculo

Edição de 22.06.2017 | Cultura e Lazer

Aproxima-se o dia em que Parreirita Cigano cumpre o sonho de ser cavaleiro tauromáquico profissional. O cavaleiro do Cartaxo tem trabalhado todos os dias com os cavalos, a treinar, para o grande dia da alternativa, na quinta-feira, 29, na Grande Corrida de O MIRANTE no Campo Pequeno, às 22h00. Parreirita já tem a casaca de alternativa quase pronta e vai ser verde-garrafa bordada a prata. Sobre o momento diz que é de grande responsabilidade e quer brilhar. “Vai ser uma noite de emoções”, sublinha.
Para Parreirita Cigano é “um privilégio e uma honra” tirar a alternativa na praça mais importante do país, com “colegas que admiro muito” e com o seu mestre e padrinho de alternativa, Manuel Jorge de Oliveira, que vai voltar à praça ao fim de muitos anos de afastamento. O cavaleiro sublinha que tudo o que sabe foi Manuel Jorge de Oliveira que lhe ensinou, pelo que tem pelo mestre, também do Cartaxo, uma admiração muito grande.
O jovem toureiro diz que tem estado a preparar-se como faz para as corridas em que participa mas o que é diferente nesta é que a responsabilidade é maior. Parreirita Cigano também destaca o facto de a ganadaria, Veiga Teixeira, ser da terra do seu pai, Coruche, o que lhe dá um significado maior. E depois da alternativa, qual é o objectivo? “Penso fazer o meu trabalho bem feito e o melhor que sei. O ser uma figura importante da tauromaquia vem depois”, explica, salientando que esta corrida é a “realização de um sonho e o princípio de uma vida”.
Parreirita Cigano desde muito novo que gosta de cavalos e sempre teve um “bichinho” pelo toureio a cavalo. Começou a montar a cavalo por volta dos sete anos e há oito anos que trabalha na tauromaquia para ser um cavaleiro reconhecido. Para a concretização deste sonho de tirar a alternativa e se dedicar ao toureio, o cavaleiro deixou os estudos, tendo completado o nono ano de escolaridade. Mas não quer ficar por aqui e pretende fazer o 12º ano e tirar um curso de massagista, segundo confessa a O MIRANTE.
O espectáculo assinala também um momento importante para o Campo Pequeno e para o jornal, já que se assinalam os 30 anos de O MIRANTE e os 125 anos de inauguração da praça lisboeta. O cartel é composto, além de Parreirita Cigano e Manuel Jorge de Oliveira, que comemora 40 anos de alternativa, por Rui Salvador, Ana Batista, João Maria Branco e a grande revelação em Espanha, o colombiano Jacobo Botero. Os toiros são da ganadaria Veiga Teixeira e as pegas estão a cargo de três grupos: Forcados do Ribatejo, Aposento da Chamusca e Amadores da Chamusca.

Parreirita Cigano cumpre o sonho de tirar alternativa na Grande Corrida de O MIRANTE no Campo Pequeno

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...