uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

O MIRANTE no Facebook

Edição de 22.06.2017 | O MIRANTE no Facebook

Autarca não crê que possa suceder em Benavente o que aconteceu em Pedrógão Têm de vir ver por trás da minha casa. Falam em limpar, faz-se queixa nos locais apropriados e ninguém se chega à frente para limpar. É só política e depois de casa arrombada trancas à porta.Marta Correia Claro que não... As coisas más só acontece aos outros... Até ao dia em que se repita tamanha tragédia. Nem com o que se está a passar se protegem. Vera Centeio Se está tudo limpinho como diz o senhor presidente da câmara então venha passar na Azinhaga do Contador e logo vê. Deus queira que não aconteça nada. Maria Moreira Obras nas barreiras de Santarém devem começar em Julho Mais uma pilha de notícias de jornal, que amontoados já devem dar para fazer um talude para a dita barreira. Como dizia o Quim Barreiros “...Julho, porque depois entra Agosto.” João Paulo Forte A Câmara de Santarém devia era ser obrigada a pagar os amortecedores estragados pelas passagens diárias pela estrada da estação. Se há alternativa? Haver há mas é mais longe. Gui Rosário Siluro com 30 quilos apanhado no Tejo em Muge Espero bem que o tenha comido. Esse é um peixe que não pertence ao Tejo e só come todo o peixe que há nele. Mário Bento Luto Nacional pela Tragédia de Pedrógão Grande não parou Festas do Entroncamento Fico muito contente que todos os que estão a criticar as festas que não foram adiadas não estiveram presentes nessas mesmas festas porque decidiram dedicar esse mesmo tempo a ajudar quem precisa. Filipe Gaspar Foi feito um minuto de silêncio. Nada de especial em comparação com as vidas que se perderam. Não era só pessoal da câmara que lá estava na festa. Filipa Mateus Há gente que não respeita nada nem ninguém. Só olham para o seu umbigo. Se tivessem sido incluídos familiares seus na tragédia pensariam de igual forma? António Cipriano Durante os dias de luto nacional a Bandeira Nacional deve ser içada a meia-haste em todos os edifícios públicos e encontram-se impedidos todos os festejos organizados ou promovidos por entidades públicas, devendo os mesmos, consoante o caso, ser cancelados ou adiados. Rui Silva Tristeza! Ourém também continuou com as festas. Seria difícil adiar para o próximo fim-de-semana por exemplo? Sei que não é fácil mas todos compreenderiam. Elsa Carvalho Vamos privar as crianças do Entroncamento e arredores de se divertirem e distraírem? Para tristeza e miséria já basta a que vemos na televisão. Fazerem festa ou não não vai fazer com que esqueçamos a tragédia. Cátia Pimentel Cerca de 300 bombeiros combatem vários incêndios no distrito de Santarém Não é só o calor o responsável! A maioria são mãos criminosas e descuido de outros que provoca esta lamentável situação. Pessoas sem escrúpulos que não imaginam o sofrimento das pessoas ao ver os seus bens em risco e a própria vida. Aos bombeiros obrigada pela vossa dedicação. Fernanda Chambel Margarido Batalha A protecção civil tem uma grande falha de profissionalismo e só actua depois da casa roubada. Todos os anos é a mesma festa. Parece que andam a brincar com o fogo Hélder Cunha Escuteiros e pároco de Alcanena de costas voltadas Às vezes até podem ser mal entendidos. Espero que se entendam e que não sejam as crianças e jovens a pagar pelos desentendimentos dos adultos. Maria Inês Gallardo Já se sabe que os padres têm sempre razão. E quem “choca” com eles sujeita-se sempre a este tipo de comentários. O Escutismo é e será sempre um movimento superior a tudo isto. Filipe Gaspar Os padres não têm sempre razão, nem o escutismo está acima dos padres. Lamento. Francisco Paccetti Correia

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...