uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Moradores da rua do Lavradio reclamam obras que podem chegar este ano

Moradores da rua do Lavradio reclamam obras que podem chegar este ano

Estado da via em terra batida agravou-se após as fortes chuvadas registadas em Maio. Câmara de Torres Novas diz que a intervenção está prevista no orçamento de 2017 e é para executar.

Edição de 22.06.2017 | Sociedade

Os moradores da Rua do Lavradio, na freguesia da Brogueira, concelho de Torres Novas, estão fartos de promessas. Há muito que aguardam pelo início das obras na estrada que lhes passa à porta de casa. Mas os trabalhos não avançam. As reclamações na junta de freguesia e na câmara municipal repetem-se. E a resposta tem sido sempre a mesma: a rua vai ser arranjada, não se sabe é quando. Embora o presidente da Câmara de Torres Novas avance que a empreitada está prevista para este ano e é para avançar.
Com as fortes chuvas registadas em Maio, o mau estado do piso em gravilha e terra batida agravou-se e há bermas profundas sem qualquer tipo de protecção. “Uma armadilha perfeita, até para os mais cautelosos”, admite Pedro Cochicho, um dos primeiros moradores da rua.
Inconformado, o morador refere que não pede para alcatroar a rua, mas pelo menos que se comprometam a arranjar e a manter a estrada, sobretudo quando chove, passando uma niveladora para que a estrada se mantenha sempre com o piso liso.
A verdade é que, com as bermas daquela forma, não se consegue fazer grandes manobras naquela estrada. O cruzamento de dois carros é um problema devido à estreiteza da via e um deles tem obrigatoriamente de recuar. Caso contrário, fica sujeito a ficar dentro de uma berma e ter de ser rebocado. Uma situação que, refere o morador, já não seria a primeira vez que acontecia. E quando é necessário fazer inversão de marcha, a aventura repete-se, pois não é fácil conseguir encontrar um local com espaço suficiente para voltar o carro.
Inconformados com a inércia por parte da câmara e da junta de freguesia, Pedro Cochicho e outros moradores reclamam pelas condições a que dizem ter direito. Afinal não têm outra rua alternativa para poderem chegar até casa. E lembram o dinheiro que já gastaram para arranjar a estrada. “Nós moradores já aqui gastámos dinheiro por duas ou três vezes só em ‘tout venant’ e em máquina”, reclama.

Obra prevista para este ano
Contactado por O MIRANTE, o presidente da Câmara de Torres Novas, Pedro Ferreira (PS), refere que a intervenção está prevista no orçamento deste ano com um custo de 150 mil euros e o município vai avançar com a pavimentação até à rua do Norte. “Nós inclusivamente já pedimos autorização aos munícipes para consentirem terreno para que seja alargado a própria via”, conta o autarca.
Relativamente ao estado das bermas, o presidente do município diz-se surpreendido com essa informação até porque, afirma, “tenho lá passado e não tenho notado nada disso”.
Recorde-se que já em 2006, O MIRANTE tinha noticiado as más condições da rua, sobretudo nos dias de chuva em que o piso ficava demasiado escorregadio devido à lama e o facto de, nas bermas, as ervas já se encontrarem muito grandes e a invadir a estrada.

Moradores da rua do Lavradio reclamam obras que podem chegar este ano

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...