uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Ricardo Barata

Ricardo Barata

Técnico de informática - Empresa Mr. Barata Abrantes

Edição de 28.06.2017 | Agora Falo Eu

Tem a profissão que sonhou ter? Não vou dizer que tenho a profissão de sonho mas sempre fui muito habilidoso e sempre tive a certeza que iria trabalhar na área das novas tecnologias. A partir de certa altura descobri que gostava e tinha jeito para a área na qual trabalho.

Costuma comprar um jornal pelo que vê na primeira página? Costumo ler jornais devido às chamadas de primeira página mas é uma leitura rápida porque não tenho por hábito comprar jornais.

Ler jornais é saber mais? Dá para nos mantermos minimamente informados mas nós só lemos o que mais no interessa.

Ainda acredita nos políticos? A política não é para todos, embora todos gostem de mandar uns “bitaites”. Do que ninguém gosta é de assumir as responsabilidades que resultam das decisões políticas.

Que conselho daria ao nosso primeiro-ministro António Costa? Diria que, mesmo que conseguisse, não era dando-nos tudo que nos faria melhores que os outros. Tem que haver esforço da nossa parte para que as coisas que conseguimos tenham um sabor diferente.

Vale a pena exercer o direito de voto? Vale sempre a pena. Todos temos direito a votar e quem se abstém adbica de participar na definição do rumo do país.

Costuma dar dinheiro a mendigos na rua? Não, prefiro dar-lhes algo para comer do que dinheiro.

Acha que o sistema de justiça funciona em Portugal? Claro que não. A justiça tem falta de meios e não é igual para todos os cidadãos.

Alguma vez pediu o livro de reclamações? Não, tudo se resolve a conversar e com calma. Quem está atrás do balcão representa uma entidade e apenas está lá para cumprir procedimentos. A conversar tudo se resolve.

Se lhe saísse o Euromilhões qual era a primeira coisa que fazia? Ajudava os meus familiares e em segundo lugar expandia o meu negócio, sem esquecer umas merecidas férias.

Qual a tradição que nunca podemos deixar morrer? Formar família e dar-lhe atenção. A família é a base da nossa formação e o nosso apoio permanente.

Em que festas de Verão costuma participar? Participo nas festas da minha cidade, que é Abrantes. Revejo os amigos e divirto-me com eles e além disso dou a conhecer a minha empresa.

Os jovens estão motivados para defender as tradições? Penso que não. As mentalidades estão mais avançadas mas os jovens são muito mais acomodados. Agarram-se a coisas e não à realidade. Acomodam-se ao que os pais lhes proporcionam e demoram muito tempo a tomar as suas iniciativas.

O que punha a funcionar na sua terra que não existe? O McDonald’s. É um espaço aclamado pela população e assim não teríamos que nos deslocar tanto, pois o mais próximo de Abrantes fica em Torres Novas.

É adepto das redes sociais? Sou adepto como meio de negócio. Uso o facebook, a nível particular e profissional para divulgar o meu negócio (Mr.Barata).

Conseguia viver sem telemóvel? Não conseguia viver sem telemóvel porque é a minha principal ferramenta de trabalho. Está tudo à distância de uma chamada ou de uma mensagem. Mas uma vez por outra sabe tão bem não ter telemóvel...

Se pudesse ter um super poder qual escolheria? Ter o super poder de mudar o mundo; de poder mudar escolhas; de poder mudar hábitos para que não houvesse tanta desigualdade e pudéssemos aproveitar todos a vida da mesma forma.

Do que é que sente mais saudades? Não sinto saudades de nada. A vida é feita de etapas e nós vamos crescendo e ultrapassando cada uma delas, uns mais depressa e outros mais devagar. Posso afirmar que fui aproveitando e crescendo em cada etapa da vida. O peso da responsabilidade faz-nos crescer e gosto de sentir o que daí provém.

Gosta mais de liderar ou de ser liderado? Sem dúvida que gosto mais de liderar mas liderar não é para todos. É uma capacidade que só alguns possuem. Só consegue liderar quem tem aptidão para lidar com pessoas e nesse campo eu tenho uma aptidão natural.

Ricardo Barata

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...