uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Escola de hotelaria e turismo abre este ano na Póvoa de Santa Iria
Salomé Rafael

Escola de hotelaria e turismo abre este ano na Póvoa de Santa Iria

Pólo da Escola Profissional de Hotelaria e Turismo de Lisboa arranca com 100 alunos. A escola vai disponibilizar os cursos profissionais de Restauração, Cozinha, Organização de Eventos e Recepção e Atendimento.

Edição de 28.06.2017 | Economia

Uma nova escola profissional de hotelaria e turismo vai abrir já no próximo ano lectivo na Póvoa de Santa Iria, Vila Franca de Xira, estando a ser ultimadas algumas obras de adaptação no espaço do Pólo Tecnológico da Solvay. Trata-se de um pólo da Escola Profissional de Hotelaria e Turismo de Lisboa (EPHTL), que desta forma está a descentralizar a oferta educativa, atendendo também à procura de muitos alunos da zona de Vila Franca de Xira.
A empresária e presidente do conselho de administração da escola, Salomé Rafael, explica, em declarações a O MIRANTE, que a EPHTL precisava de mais instalações para fazer face à procura e para crescer. A empresária, que também é presidente da Associação Empresarial da Região de Santarém – Nersant, salienta que as instalações no concelho de Vila Franca de Xira são uma boa opção, atendendo a que estão perto de Lisboa e que os preços dos imóveis na capital do país são bastante mais elevados.
Salomé Rafael destaca também o facto de “muitos alunos da zona de Vila Franca de Xira e arredores inscreverem-se anualmente na Escola Profissional de Hotelaria e Turismo de Lisboa”. O pólo de Póvoa de Santa Iria vai arrancar com 100 alunos em Setembro, o que faz aumentar a oferta formativa, em conjunto com a de Lisboa na Rua Paio Peres Correia, no Alto de S. João, para 550 alunos. Mas o objectivo, refere a empresária, é atingir os 600 alunos por ano. A escola vai disponibilizar os cursos profissionais de Restauração, Cozinha, Organização de Eventos e Recepção e Atendimento.
Neste momento estão a decorrer testes psicotécnicos e entrevistas aos alunos candidatos. Arrancaram também, para estarem prontas na inauguração, as obras de adaptação do espaço do Pólo Tecnológico da Solvay para a criação de uma cozinha e um restaurante pedagógicos, bem como de laboratórios. Salomé Rafael sublinha que este espaço tem todos os requisitos para o funcionamento da escola.
A empresária destaca que pretende “trabalhar em complementaridade com as escolas do concelho de Vila Franca de Xira e com todas as forças vivas da região”. Reconhecendo que a escola não tem capacidade de absorver todos os alunos candidatos, Salomé Rafael reforça que é importante fazer um trabalho de complementaridade. No ano lectivo que agora termina ficaram de fora cerca de três mil alunos que se candidataram a um curso da Escola Profissional de Hotelaria e Turismo de Lisboa.

Município congratula-se
Na última reunião pública da Câmara de Vila Franca de Xira, o presidente do município, Alberto Mesquita (PS), considerou que a instalação da escola na Póvoa é uma “boa notícia” e que revela a atractividade que o concelho continua a ter na captação de novas oportunidades de negócio.
No último mês também a empresa americana Chartwell Pharmaceuticals anunciou a instalação no Pólo Tecnológico da Solvay do seu centro europeu de produção de medicamentos genéricos, representando um investimento de dois milhões de euros. Aquele parque industrial da Póvoa já tem sete empresas instaladas.

Escola de hotelaria e turismo abre este ano na Póvoa de Santa Iria

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...