uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Governo quer entidades locais na gestão das áreas protegidas

Governo quer entidades locais na gestão das áreas protegidas

Edição de 28.06.2017 | Economia

O Governo quer que as áreas protegidas que não são de reserva total passem a ter uma gestão mais “próxima”, feita por entidades locais e associações ambientalistas. O ministro do Ambiente, João Pedro Fernandes presidiu na sexta-feira, 23 de Junho, no Centro Ciência Viva do Alviela, Alcanena, à apresentação pública da estratégia nacional de conservação da natureza e da biodiversidade .
O documento “visa garantir que os territórios protegidos, que correspondem a 8% do território cacional, são um activo fundamental do país”, disse o governante, acrescentando que a maior parte dos parques naturais e das áreas protegidas nascem também da riqueza que é introduzida pela própria actividade humana, que ao longo dos séculos permitiu até a criação de maiores padrões de biodiversidade. O documento vai estar em discussão pública até final de Setembro mas o ministro admitiu prolongar esse prazo, caso se justifique.
Alcanena “é um bom exemplo do que se faz em prol da valorização do património ambiental e conservação da natureza”, afirmou na sessão a presidente da Câmara de Alcanena, Fernanda Asseiceira (PS), que aproveitou para pedir ao ministro para interceder no sentido de conseguir junto da União Europeia programas que permitam candidaturas não só das autarquias, mas também de empresas e particulares para promover projectos que apostem na valorização ambiental e da biodiversidade.
A autarca sublinhou que o concelho de Alcanena tem 46% do seu território inserido no Parque Natural da Serra D’Aire e Candeeiros, o que significa motivos mais que muitos para trabalhar no sentido de valorizar a biodiversidade e apontou como exemplo o trabalho desenvolvido no sentido de evitar a extinção dos morcegos, espécie que ali tem uma colónia.

Governo quer entidades locais na gestão das áreas protegidas

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...