uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Viaturas eléctricas levam cuidados de saúde a população do Médio Tejo
Investimento. Novas viaturas vão ficar ao serviço da população

Viaturas eléctricas levam cuidados de saúde a população do Médio Tejo

Onze municípios receberam um veículo cada. Investimento global rondou os 441 mil euros sendo financiado pela União Europeia.

Edição de 06.07.2017 | Sociedade

Os 13 municípios da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo (CIMT) receberam no dia 27 de Junho, cada um, uma viatura eléctrica para a prestação de cuidados de saúde junto das populações, num território com cerca de 250.000 habitantes e taxas elevadas de envelhecimento. O investimento total rondou os 441 mil euros (85% financiado a fundo perdido), com as autarquias a assumirem o valor da componente nacional e a aquisição das baterias.
A entrega das viaturas seguiu-se a uma cerimónia presidida pelo secretário de Estado da Saúde, Manuel Delgado, que contou com a presença dos presidentes de câmara dos 13 concelhos, na qual foram assinados protocolos entre a CIMT, a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT) e a Unidade Local de Saúde de Castelo Branco (ULSCB), outro entre a CIMT e os 13 municípios e outro ainda com a Mobi.E.
Manuel Delgado saudou o que considerou ser “um momento histórico” a nível nacional, afirmando que a colaboração entre os municípios do Médio Tejo e o Ministério da Saúde “dá um sinal de modernidade”, não só por representar uma “viragem” numa visão muito institucionalizada da saúde, ao permitir a prestação de cuidados junto das populações, como pelo seu carácter “ambientalista” ao apostar em energias limpas.
As viaturas foram adquiridas no âmbito de uma candidatura ao Programa Operacional Regional Centro 2020 liderada pela CIMT, estabelecendo o protocolo hoje celebrado que cabe à ARSLVT e à ULSCB dotar as viaturas com os técnicos e material clínico e médico e suportar os custos com o carregamento das baterias, os pneus e o desgaste provocado pelo uso.
Os municípios assumem os custos com os seguros, tendo a Mobi.E, Mobilidade Eléctrica assumido o compromisso de instalar pelo menos um posto de carregamento rápido em cada um dos 13 concelhos.
Fazem parte da CIMT 11 municípios do distrito de Santarém - Abrantes, Alcanena, Constância, Entroncamento, Ferreira do Zêzere, Mação, Ourém, Sardoal, Tomar, Torres Novas e Vila Nova da Barquinha - e dois do de Castelo Branco - Sertã e Vila de Rei.

Viaturas eléctricas levam cuidados de saúde a população do Médio Tejo

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...