uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Ciclistas pedalam de Espanha até Lisboa em nome do rio Tejo

Ciclistas pedalam de Espanha até Lisboa em nome do rio Tejo

Edição de 03.08.2017 | Economia

Chamusca, Almeirim e Vila Franca de Xira foram as últimas paragens dos 120 ciclistas espanhóis que pedalaram de 14 de Julho até sábado, 29 de Julho, desde a província de Cáceres, em Espanha, até Lisboa, numa distância de cerca de 600 quilómetros acompanhando o percurso do rio Tejo. O objectivo da iniciativa foi partilhar experiências e tomar conhecimento sobre as causas ecologistas e sociais que unem Portugal e Espanha.Uma iniciativa da Ecologistas en Acción, apoiada pela Quercus e pela Federação Portuguesa de Cicloturismo e Utilizadores de Bicicleta (FPCUB).
Félix Jiménez, coordenador da Ecomarcha deste ano, contou a O MIRANTE, em Almeirim, que a prova estava a correr bem, queixando-se apenas da pouca adesão da população às várias iniciativas integradas na Ecomarcha deste ano, nomeadamente visitas a locais ambientalmente relevantes, reuniões e contactos com autoridades locais e debates temáticos diários sobre a temática.
O coordenador do evento refere que as actividades humanas em torno do rio Tejo têm sido e continuam a ser “altamente agressivas” em toda a extensão da sua bacia. Entre os principais problemas, Félix Jiménez enumera o baixo caudal e a sua variabilidade frequente, a poluição dos efluentes provenientes da área metropolitana de Madrid, a actividade das duas centrais nucleares, Trillo e Almaraz, e a corrente retida nas numerosas barragens na Extremadura e Portugal.
Com o rio Tejo como paisagem, atravessando campos, vilas e cidades ribeirinhas, Félix Jiménez explica que os percursos diários tiveram uma distância média de 40 quilómetros e que foram realizados, na sua maioria, pela manhã. Depois de saírem no dia 14 de Julho de Navamoral de la Mata, província de Cáceres, em Espanha, a primeira paragem em Portugal foi a vila de Nisa, seguindo-se Gavião, Abrantes, Chamusca, Almeirim, Vila Franca de Xira e, por fim, Lisboa.

Ciclistas pedalam de Espanha até Lisboa em nome do rio Tejo

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...