uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Presidente da Câmara de Alpiarça atropela idosa na passadeira em Coimbra

Presidente da Câmara de Alpiarça atropela idosa na passadeira em Coimbra

Mário Pereira tem telefonado à vítima e aguarda a multa e a decisão sobre quanto tempo fica sem carta.

Edição de 03.08.2017 | Sociedade

O presidente da Câmara de Alpiarça, Mário Pereira (CDU), atropelou uma senhora de 71 anos numa passadeira em Coimbra, quando se dirigia para uma reunião do conselho geral da Associação Nacional de Municípios Portugueses. O autarca deu-se logo como culpado aos agentes da autoridade e agora aguarda a notificação com o valor da multa que terá de pagar e o tempo que poderá ficar inibido de conduzir. Mário Pereira, em declarações a O MIRANTE, garante que costuma telefonar com regularidade à vítima, que sofreu ferimentos ligeiros, para saber do seu estado de saúde e pretende ir visitá-la.
Mário Pereira explica que circulava com o carro de serviço da câmara na baixa de Coimbra a baixa velocidade, no meio do trânsito, e não se apercebeu que o peão estava a atravessar a passadeira, não tendo conseguido evitar o embate. A situação ocorreu no dia 26 de Abril e devido ao acidente o autarca acabou por não ir à reunião, tendo regressado a Alpiarça depois de prestar declarações à Polícia.
“Desviei-me de uma carrinha que estava na faixa de rodagem ao lado daquela em que seguia. Nessa altura não me apercebi da presença da senhora na passadeira e apanhei-a com o lado direito do carro. Saí imediatamente do carro para lhe prestar auxílio. Nessa altura, vinha um carro de bombeiros que não ia em missão de socorro e fiz-lhes sinal. Eles prestaram os primeiros socorros até à chegada da ambulância do INEM. Fui eu que liguei para o 112 para pedir auxílio médico. Depois esperei pela PSP para preencher os papéis relativos ao acidente”, conta o autarca.
Segundo Mário Pereira, a vítima não sofreu fracturas e teve pequenos ferimentos mas devido à idade ficou em casa de cama uns dias porque estava dorida de ter caído ao chão. “Fiquei com o contacto telefónico da senhora e tenho falado com ela para saber como está. O seu estado de saúde está a evoluir favoravelmente, felizmente. Fiquei de ir visitá-la e assim que puder vou lá. Ser atropelado deve ser uma sensação terrível mas para quem atropela também não é nada fácil”, desabafou a O MIRANTE.
Recorde-se que é Mário Pereira que conduz sempre o carro do município afecto à presidência, não tendo motorista. O autarca, no início do primeiro mandato, chegou a ter condutor mas o funcionário reformou-se e optou por não o substituir. O presidente justifica que a câmara tem falta de funcionários e que os que têm habilitações para motoristas estão afectos a outros serviços, onde são mais necessários.

Presidente da Câmara de Alpiarça atropela idosa na passadeira em Coimbra

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...