uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Vila Franca de Xira quer continuar a receber a Volta a Portugal em bicicleta

Vila Franca de Xira quer continuar a receber a Volta a Portugal em bicicleta

Está concluído o protocolo de três anos celebrado com os organizadores. Com eleições autárquicas à vista, só o próximo executivo poderá decidir se a aposta é para manter.

Edição de 10.08.2017 | Desporto

No último fim-de-semana a cidade de Vila Franca de Xira acolheu a partida da primeira etapa da Volta da Portugal em bicicleta, etapa que percorreu a região do Ribatejo e que levou milhares de pessoas às ruas para apoiar os atletas. Este foi também o terceiro ano em que Vila Franca de Xira acolheu a volta, dos três que foram protocolados com a Podi1, entidade organizadora do evento e que custou aos cofres municipais 137.500 euros.
Com eleições à vista só o próximo executivo poderá decidir se é uma aposta para continuar ou não mas o actual presidente – e recandidato – Alberto Mesquita (PS) assume a O MIRANTE que caso seja reconduzido no cargo a aposta é para manter. “No futuro, independentemente de quem fique a gerir a câmara, espero que não se perca esta oportunidade de continuar a ter aqui a prova na cidade e se eu for eleito uma das questões que colocarei será a renovação deste protocolo, pelo sucesso que tem representado. É uma questão de continuidade que cada vez mais queremos ampliar”, garante o autarca.
Vila Franca de Xira foi a “camisola amarela” que levou outros concelhos do Ribatejo a também decidirem aderir à passagem da Volta pelo Ribatejo no sábado, 5 de Agosto. Alberto Mesquita entende que toda a região ficou a ganhar com a passagem da prova. “Estivemos 40 anos sem receber a volta, a decisão que tomámos de fazer este protocolo a três anos foi acertada. Por um lado, porque divulgamos a modalidade, que é tão querida aqui no Ribatejo, mas sobretudo por podermos promover Vila Franca de Xira, mostrando o que de bom temos, tendo em vista a diversidade que esta terra apresenta, não apenas o património cultural, a festa brava mas também a museologia e as ciclovias”, nota o autarca.
O protocolo previa, recorde-se, a partida da última etapa da Volta, em 2015, a partida do contra-relógio final da prova em 2016 e, este ano, a partida da primeira etapa. A verba total foi amortizada em três tranches ao longo dos três anos: 50 mil euros no primeiro e segundo anos e 37.500 euros este ano.

Milhares de pessoas nas ruas
A etapa ribatejana, com 203 quilómetros, arrancou de Vila Franca de Xira pouco depois das 12h30 com uma grande quantidade de espectadores – muitos deles vieram de Lisboa horas antes, no chamado “Passeio da Volta”, que uniu as duas localidades. Os ciclistas avançaram depois rumo ao Carregado, Azambuja, Cartaxo e Santarém, sempre com grande moldura humana a incentivar os ciclistas. A comitiva desceu depois rumo a Alpiarça, Almeirim, Salvaterra de Magos, Benavente e Samora Correia, terminando a etapa em Setúbal depois de uma subida à Serra da Arrábida. Raúl Alarcón, da W52 Futebol Clube do Porto, foi o vencedor da etapa. A prova termina a 15 de Agosto com um contra-relógio em Viseu.

Vila Franca de Xira quer continuar a receber a Volta a Portugal em bicicleta

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...