uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Os riscos de atender um número de telefone da Polónia

Edição de 16.08.2017 | O MIRANTE dos Leitores

A mim também me ligaram de um número com indicativo da Polónia embora eu só ficasse a saber que era da Polónia depois de ter ido ver a lista dos indicativos internacionais. Não atendi porque a família que tenho no estrangeiro não está na Polónia e mesmo que tivesse, por qualquer motivo, ido à Polónia e quisesse contactar-me não o faria através de um número desconhecido ou se eu não atendesse mandar-me-ia uma mensagem...e ainda podia recorrer ao Viber ou mesmo ao Skype.
Também recebo de vez em quando telefonemas de números de Portugal que não conheço. A estratégia é não atender. Parto sempre do princípio que se alguém tem muita urgência em falar comigo e eu não atendo, pode mandar-me um SMS. A vida ensinou-me que, excepto amigos ou familiares, nunca ninguém me telefona ou bate à porta para me dar nada. É sempre para pedir ou para me tentar endróminar com uma treta qualquer.
João da Piedade Delgado

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...