uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Degradação obriga câmara a avançar com obras na Quinta das Pratas do Cartaxo

Degradação obriga câmara a avançar com obras na Quinta das Pratas do Cartaxo

Edição de 30.08.2017 | Sociedade

Já arrancaram as obras de remodelação dos campos polidesportivos descobertos do Complexo Cultural e Desportivo da Quinta das Pratas. A informação foi dada pelo presidente da Câmara do Cartaxo, Pedro Magalhães Ribeiro (PS), em reunião de câmara. O investimento é de cerca de 46 mil euros e está incluído no orçamento municipal deste ano.
“Estamos conscientes da necessidade desta intervenção desde o início do mandato. A falta de trabalhos regulares de manutenção dos campos levou a que a degradação que encontrámos fosse preocupante. No entanto, as condições ainda piores de outros equipamentos da Quinta das Pratas obrigou a que o investimento disponível fosse direccionado, nos primeiros anos de mandato, para situações mais urgentes”, disse o autarca referindo-se aos trabalhos nas piscinas municipais, onde foram investidos milhares de euros nos últimos anos para repor as condições mínimas de utilização.
Recorde-se que, no início do mandato, a maioria socialista que gere o executivo decidiu encerrar temporariamente as piscinas por “não estarem asseguradas as condições de saúde pública. Pedro Ribeiro informou também que, a par da remodelação dos campos polidesportivos, já se iniciaram os trabalhos de pintura no complexo da Quinta das Pratas. O contrato, que já está em execução, prevê a pintura de todos os muros – paredes interiores e exteriores – assim como das bancadas de apoio aos espaços polidesportivos, num investimento municipal de cerca de 21 mil euros.
“O investimento municipal na Quinta das Pratas durante este mandato é muito relevante. Desde a substituição de equipamentos essenciais ao funcionamento das piscinas municipais, passando pela total reconversão do parque infantil, até aos trabalhos que estão a decorrer e que vão ter início nos próximos meses. A Quinta das Pratas está agora no caminho certo para voltar a ser um espaço de que o Cartaxo se orgulhe”, referiu.
O presidente do município mencionou também outros investimentos que “não são visíveis aos utilizadores mas que são de enorme importância para sustentabilidade futura de todo o projecto”, nomeadamente a reconversão dos sistema de rega automática - que permite que seja feito o racionamento de água – a remodelação de todo o equipamento da central hidropressora da Quinta das Pratas, para conseguir um melhor aproveitamento do furo municipal.

Degradação obriga câmara a avançar com obras na Quinta das Pratas do Cartaxo

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...

    Capas

    Assine O MIRANTE e receba o Jornal em casa
    Clique para fazer o pedido