Autárquicas 2017 | 04-10-2017 10:40

PS a um pequeno passo de ter executivo monocolor

O PS conquistou uma vitória histórica no concelho de Almeirim e esteve a meia centena de votos de eleger os sete lugares do executivo. Apenas a coligação do PCP+PEV (CDU) conseguiu meter um vereador na oposição, perante e retumbante vitória do PS por 73,88% dos votos. A vitória já era esperada, talvez não por tanto, e se calhar por isso não houve na sede de campanha socialista uma euforia extraordinária.
O presidente reeleito, Pedro Ribeiro, deslocou-se da câmara para a sede de campanha onde o esperavam dezenas de pessoas à porta. O autarca entrou na sede depois de cumprimentar e abraçar várias pessoas, entre as quais o pai, e comeu uma taça de arroz doce que estava em cima de uma mesa desde a altura em que as urnas fecharam, às 19h00. Só meia dúzia de pessoas tinha bandeiras na mão. Pedro Ribeiro foi então buscar o seu carro onde tinha algumas dezenas de bandeiras brancas e amarelas do PS no porta-bagagens e distribui-as pelos que estavam à porta de sede.
Pedro Ribeiro na sede de campanha agradeceu a toda a gente que o acompanhou nos quatro anos de mandato que findaram e aos que colaboraram na campanha, com destaque para o director de campanha, Gustavo Costa, que recebeu uma salva de palmas. O presidente realçou que esta foi “efectivamente uma vitória histórica”, ressalvando que ela “não nos deslumbra”.
O reeleito presidente garantiu continuar a trabalhar como trabalhou nos últimos quatro anos, salientando que ele e a sua equipa querem continuar a ser o mesmo. “Há quatro anos dissemos que seriamos os presidentes e vereadores de toda a gente. Amanhã cá estaremos para continuar a trabalhar e provavelmente daqui a quatro anos poder repetir esta vitória”.

À margem - Atrasado pelo estacionamento

Durante a manhã foi grande a afluência às urnas na Escola Febo Moniz, em Almeirim, onde votou Pedro Ribeiro. Por causa disso o autarca, que exerceu o voto na secção 4, chegou atrasado em relação à hora que tinha previsto votar e deixou os jornalistas 25 minutos à espera. O presidente da câmara reeleito teve dificuldade em encontrar estacionamento na zona da escola e só votou cerca das 11h25. Segundo o próprio presidente, andou cerca de 15 minutos para encontrar um lugar para estacionar o carro.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1351
    16-05-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1351
    16-05-2018
    Capa Médio Tejo