uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Voluntários melhoraram centro de acolhimento de Vila Franca de Xira

Voluntários melhoraram centro de acolhimento de Vila Franca de Xira

Iniciativa solidária veio dar mais conforto a quem precisa. Centro de acolhimento da Associação de Bem-Estar Infantil de Vila Franca de Xira tem actualmente 14 jovens a viver em permanência e precisava de obras urgentes.

Edição de 04.10.2017 | Sociedade

Cento e vinte trabalhadores da fábrica da Cimpor de Alhandra, concelho de Vila Franca de Xira, prescindiram do seu sábado de descanso, no dia 30 de Setembro, para serem voluntários numa iniciativa solidária promovida pela empresa.
Pelo quinto ano consecutivo, os trabalhadores dedicaram-se a ajudar associações do concelho que precisam e a mão-de-obra solidária foi este ano até ao centro de acolhimento de crianças em risco da Associação de Bem-Estar Infantil (ABEI), em Vila Franca de Xira. Os voluntários arranjaram o polidesportivo ali existente, pintando-o e dotando-o de balizas e redes novas. Arranjaram jardins, construíram uma horta e pintaram seis quartos que tinham humidade, alpendres e outros locais da habitação.
“Conforme fomos falando com os responsáveis da ABEI foram-nos dando conta das necessidades e percebemos que os jovens dormiam em camas de hospital antigas, uma coisa que chocava quando se entrava aqui. Nem sequer tinham colchões, eram duas tiras de espuma envolta em plástico. Isso derreteu-nos o coração. Daqui a pouco chegam 15 colchões novos e também mandámos fazer novas camas que chegarão nas próximas semanas”, explica a O MIRANTE Teresa Martins, directora da fábrica de Alhandra.
Diz a responsável que estas acções de voluntariado – chamadas “Dia do Bem Fazer” – são uma forma da Cimpor devolver à comunidade alguma da sua responsabilidade social. “Há cinco anos que escolhemos instituições da região. O objectivo não é fazer obras de fundo mas antes trabalhos de melhoria do que já existe. Além de nós temos também a ajuda das empresas com quem trabalhamos. É uma junção de boas vontades”, refere. O “Dia do Bem-Fazer” realizou-se também em cinco outros locais do país e é uma acção global de voluntariado idealizada pelo Instituto InterCement (grupo proprietário da cimenteira) que é implementado em todos os mercados onde a Cimpor está presente.
Uma ajuda importante
Para Inês Martins, directora técnica daquele centro de acolhimento, a ajuda não podia ter vindo em melhor hora. “Neste momento temos 14 jovens para um limite de 15. Praticamente temos a lotação esgotada e esta iniciativa é de extrema importância. Vai melhorar imenso a parte de lazer e a parte de conforto dos jovens. Eles estão a valorizar isto bastante porque sentem que a comunidade está atenta e que se envolve com eles”, explica. O centro depende das ajudas que recebe da comunidade. Estes centros acolhem, entre outros, crianças vítimas de maus-tratos, negligência e abandono, dando-lhes as ferramentas para terem uma nova vida e um futuro melhor.

Voluntários melhoraram centro de acolhimento de Vila Franca de Xira

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...

    Capas

    Assine O MIRANTE e receba o Jornal em casa
    Clique para fazer o pedido