uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Maria Henriqueta Oliveira

Maria Henriqueta Oliveira

Gerente do Solar do Idoso, Riachos (Torres Novas)

Edição de 12.10.2017 | Agora Falo Eu

Gosta de conduzir? Já soprou no balão? Adoro conduzir. Quanto mais curvas mais eu gosto. E já soprei no balão. Por incrível que pareça, eram 9h00 da manhã. Não acusou nada.

Já alguma vez teve de mudar o pneu do carro? Felizmente não. Se tivesse que o fazer teria de pedir ajuda.

Costuma fazer habitualmente a separação dos lixos domésticos? Não costumo, porque para o fazer terei que andar com o lixo no carro. A zona onde moro não oferece condições para tal. Apesar disso sou a favor da separação, precisamos de proteger o ambiente.

Qual é a pior coisa que lhe podem fazer? Quando me desmentem de uma coisa que eu tenho a certeza e quando sou acusada daquilo que não fiz ou não disse.

Costuma comprar um jornal pelo que vê na primeira página? Também, mas não só. Gosto de comprar jornais pelo contéudo interior. A primeira página nem sempre tem interesse, a não ser que eu não conheça o jornal e fique curiosa.

A que petisco não resiste? Porquê? Ao petisco é difícil de resistir e se for um bom chouriço assado não resisto de todo.

Também mete a mão na massa? Sabe cozinhar ou prefere apreciar a comida no prato? Sim, gosto de cozinhar mas gosto mais de apreciar a comida no prato. Uma das minhas especialidades é o cozido à portuguesa e a couve a soco com bacalhau assado.

Era capaz de se tornar vegetariana? Nem pensar, considero-me uma pessoa apreciadora de um bom prato.

Quando convida amigos para jantar escolhe sempre vinhos do Ribatejo? Ou tem outras preferências? Geralmente quando convido os meus amigos para jantar são eles que trazem o vinho. Pessoalmente gosto dos vinhos do Ribatejo, mas tenho também outras preferências. Gosto de um bom vinho alentejano apesar de no norte também haver bons vinhos.

É daquelas pessoas que gosta de estacionar o automóvel à porta de todos os locais onde vai? Depende do sítio. Se for em trabalho sim, se for num lugar que não conheça gosto de estacionar e ir a pé até ao destino.

Já aderiu à moda de correr/caminhar pelas ruas? O que acha desta moda? Não aderi pois tenho pouco tempo disponível. A minha opinião é de que as pessoas hoje estão mais informadas, por isso procuram uma vida mais saudável.

Quantas facturas já pediu para o concurso promovido pelo Governo? Concorda que se peçam facturas?

Devido à minha profissão peço muitas facturas e concordo que se peça facturas mesmo sem haver concursos.

Costuma dar dinheiro a mendigos na rua? Por sistema não dou. Sei que muitas vezes esse dinheiro será mal utilizado e nesse caso prefiro dar de comer.

Costuma dar a vez a pessoas mais idosas na fila do supermercado? Claro que sim.

Acha que o sistema de justiça funciona em Portugal? Na minha opinião, a justiça além de ser lenta difere do rico para o pobre, logo não funciona. Este é um tema que daria muito que falar.

Costuma gastar dinheiro com o futebol? Vai ao estádio ver os jogos? Nunca gastei dinheiro em futebol nem sofro com isso, porque não vejo. Não vou ao estádio mas sou adepta do Sporting.

Quantos amigos já tem no Facebook? O que acha das redes sociais? Não estou preocupada com isso, não sei quantos são. As redes sociais podem afastar as pessoas do diálogo mas, por outro lado, também podem aproximar. Conseguimos muitas vezes encontrar pessoas que não vemos há muito tempo.

Concorda que os políticos usem o Facebook para responderem aos críticos? Não. A política é para ser discutida olhos nos olhos e não no Facebook, pois existem locais apropriados para dar as respostas aos críticos.

Conseguia viver sem telemóvel? Sim, conseguia, mas com alguma dificuldade. Hoje em dia, tanto a nível pessoal como a nível profissional, o telemóvel é uma ferramenta fundamental.

Se pudesse encarnar uma personagem por um dia, qual escolheria? Sem dúvida nenhuma o nosso Presidente da República. Assim conhecia o mundo sem pagar tusto.

Se pudesse ter um super poder qual escolheria? Talvez o de ser primeiro-ministro para tentar igualar um bocadinho a sociedade, que está muito desequilibrada.

Maria Henriqueta Oliveira

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...