uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Caloiros arregaçaram as mangas e apanharam beatas nas ruas de Santarém
Sensibilização. Alunos recolheram resíduo nocivo das ruas da cidade

Caloiros arregaçaram as mangas e apanharam beatas nas ruas de Santarém

Em hora e meia foram recolhidas trinta e oito mil pontas de cigarro

Edição de 18.10.2017 | Cultura e Lazer

Cerca de 150 caloiros das Escolas Agrária, de Enfermagem e de Gestão do Instituto Politécnico de Santarém arregaçaram as mangas no dia 11 de Outubro e andaram a apanhar pontas de cigarro (vulgarmente designadas por beatas) nas ruas do centro histórico da cidade, num “dia solidário”, alternativa às praxes tradicionais. No total, dutante uma hora e meia, foram recolhidas 37.600 beatas de cigarro.
Esta praxe solidária integra a campanha de sensibilização ambiental ‘be.eco’ de recolha de beatas de cigarro, promovida pela Câmara de Santarém, a que as Comissões de Praxe destas escolas superiores aderiram, de modo a sensibilizar os novos alunos e os cidadãos para a problemática do abandono deste resíduo nocivo em espaço público. No final, o município ofereceu um porta-beatas  ‘eco.b’ a cada participante desta praxe.
Foi em Junho deste ano que a Câmara de Santarém ‘declarou guerra’ às beatas de cigarro e pastilhas elásticas com a nova campanha de sensibilização ‘be.eco’ com o mote “Beatas de Cigarro é no ECO|Beatas”.
O município relembra que, se é fumador, pode colaborar nesta missão e levantar gratuitamente um porta-beatas ‘eco.b’ no Posto de Turismo ou na Loja do Cidadão da cidade e fazer a sua descarga num dos seis ECO|Beatas disponíveis no centro histórico de Santarém, para que, posteriormente, esses resíduos sejam encaminhados para valorização energética.

Caloiros arregaçaram as mangas e apanharam beatas nas ruas de Santarém

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...