uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Inverter o ciclo de perda económica e populacional no concelho é prioridade em Coruche
Francisco Oliveira com José Coelho que terminou função enquanto presidente da assembleia municipal

Inverter o ciclo de perda económica e populacional no concelho é prioridade em Coruche

Autarcas eleitos a 1 de Outubro tomaram posse e presidente reeleito afirma como um dos propósitos a fixação de população.

Edição de 18.10.2017 | Política

O novo executivo da Câmara de Coruche quer pôr em prática o que todos os programas eleitorais das várias forças políticas têm em comum de forma a inverter o ciclo de perda económica e populacional no concelho. Isso mesmo garantiu o presidente reeleito do município, Francisco Oliveira (PS), no discurso de tomada de posse do novo executivo e assembleia municipal no dia 12 de Outubro, no edifício dos paços do concelho. “Queremos um concelho mais desenvolvido, mais social, mais acolhedor e que tenha mais capacidade para acolher os nosso jovens”, afirma.
Para Francisco Oliveira, governar uma autarquia não é estar sentado numa cadeira à espera que algo aconteça. “Governar uma autarquia é ‘chatear’ as instituições, é bater à porta dos secretários de Estado e do Governo para que facultem os meios necessários ao bom trabalho das autarquias”, defende, dizendo que foi isso mesmo que fez durante os últimos quatro anos.
No final, o autarca deixou uma palavra de conforto e carinho aos presidentes de junta de freguesia, referindo que “são eles que ouvem a primeira reclamação, sabem as verdadeiras necessidades das populações e estão no terreno todos os dias”, agradecendo ainda a quem cessou funções. Deixou também uma palavra de apreço ao agora ex-presidente da assembleia municipal, José Coelho, enaltecendo a forma como conduziu os trabalhos.

Os eleitos para o novo mandato
Neste novo mandato, a Câmara de Coruche será composta pelo presidente reeleito, Francisco Oliveira (PS), a vice-presidente Fátima Galhardo (PS) e os vereadores Célia Ramalho (PS), José Novais (PS), António Moreira da Silva (CDU), Valter Peseiro Jerónimo (CDU) e Liliana Santos Pinto (PSD).
A assembleia municipal será liderada por Berta Santos (PS) e composta por Nelson Galvão, Mara Coelho, Filipe Justino, Joaquim Serrão, Ana Teresa David, Osvaldo Neves, Artur Salgado, Patrícia Tadeia, Joaquim Banha, José Teles e Isabel Martins, eleitos pelo PS; Rui Aldeano, Liliana Sousa, Fernando Serafim, Armando Rodrigues, Sofia Marques e Luís Ferreira, eleitos pela CDU; e Gonçalo Dias, Francisco Gaspar e Ana Lúcia Gomes eleitos pelo PSD.
As juntas de freguesias têm como presidentes Joaquim Paulino (Biscainho), Paulo Matias (Santana do Mato), José Joaquim (Branca), Anacleto Oliveira (Lamarosa), Ortelinda Graça (Couço) e Nuno Azevedo (Coruche, Fajarda e Erra).

Inverter o ciclo de perda económica e populacional no concelho é prioridade em Coruche

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...