uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Festival Nacional de Gastronomia traz o melhor da cozinha portuguesa a Santarém
VARIEDADE. Há muitos petiscos para provar na Casa do Campino durante onze dias

Festival Nacional de Gastronomia traz o melhor da cozinha portuguesa a Santarém

Trigésima sétima edição decorre na Casa do Campino, em Santarém, de 19 a 29 de Outubro.

Edição de 18.10.2017 | Sociedade

Uma padaria de onde sairá pão várias vezes ao dia, um winebar onde se podem degustar vinhos e petiscos de todo o país e a confecção de massa à barrão no maior pote do mundo, com capacidade para mil litros, são algumas das novidades do 37.º Festival Nacional de Gastronomia que regressa a Santarém de 19 a 29 de Outubro, desta vez dedicado ao “pão nosso de cada dia”.
No total, nas antigas cavalariças da Casa do Campino vão estar 12 tasquinhas tradicionais e quatro tasquinhas de petisco e, nos claustros, o restaurante Lucky 13 em que cada dia terá chefes diferentes (ver caixa). O certame conta ainda com uma mostra de doçaria conventual e um mercado de produtos típicos de todo o país.
Mantendo o formato mais reduzido iniciado há três anos - 11 dias ao invés dos 17 - o evento organizado pela Viver Santarém e pela Entidade Regional de Turismo Alentejo e Ribatejo, conta com a parceria da Secretaria de Estado da Agricutura e Alimentação para uma programação diária dedicada à enorme multiplicidade de pães, desde os mais tradicionais aos mais inovadores e de produtos derivados do pão, trazidos pelos onze municípios convidados.
Na quinta-feira, dia 19, o tema vai ser a pombinha e o município de Santarém é quem vai apresentar este produto. No mesmo dia a Raiz da Lezíria, espaço dedicado a promover o que de melhor se produz na Lezíria do Tejo, recebe o município escalabitano. Na sexta-feira, dia 20, o tema é a bola de Lamego. Já na Raiz da Lezíria é o município do Cartaxo que vai dar a conhecer o que se produz no seu território.
O sábado, dia 21, tem como tema a massa sovada (pão doce), que vai ser trazida pelo Turismo dos Açores. A Raiz da Lezíria vai receber o município de Alpiarça. Também neste dia haverá um encontro de confrarias onde vai ser debatida a “Missão das Confrarias, Compromisso dos Confrades?” e será cozinhada a massa à barrão no maior pote do mundo confeccionada pelo chefe Paulo Abreu.
No domingo, 22 de Outubro, é a broa de Avintes. Na Raiz da Lezíria é o dia do município de Azambuja. O folar transmontano vai ser trazido pelo município de Bragança, na segunda-feira, 23, e a Raiz da Lezíria recebe o município da Golegã.
A terça-feira, 24, é o dia do bolo do caco. Neste mesmo dia haverá a final nacional do concurso “Jovem Talento de Gastronomia”, com 42 finalistas a disputarem o primeiro lugar em sete categorias, e a cerimónia de entrega de prémios “Great Taste”. Na Raiz da Lezíria é o município de Coruche que marca lugar.
O pão alentejano é o tema de quarta-feira, dia 25. Na Raiz da Lezíria será o dia do município de Salvaterra de Magos. Ainda nesta data vai realizar-se o FÓRUM JTG – “Que futuro para Portugal”. Na quinta-feira, dia 26, é o pão algarvio que vai marcar presença. Já na Raiz da Lezíria é dia do município da Chamusca.
O pão de Mafra vai ser trazido, na sexta-feira, 27, pelo município de Mafra, dia em que a Raiz da Lezíria promove o dia de Rio Maior. No sábado, 28, o pão do Sabugueiro vai ser apresentado pelo município de Seia. Na Raiz da Lezíria será o dia do município de Benavente. O município de Almeirim apresenta a caralhota no último dia do festival e também vai estar em destaque na Raiz da Lezíria.

Chefe com estrela Michelin confecciona no Lucky 13

O Festival Nacional de Gastronomia volta a acolher o Restaurante Lucky 13. Durante oito noites o Lucky 13 continua a ser a afirmação contemporânea da gastronomia nacional com jantares confeccionados a quatro ou seis mãos. No dia 20 de Outubro serão os chefes Marlene Vieira e João Simões que proporcionarão distintas experiências gastronómicas. No dia 21, será a vez de Tiago Santos e João Diogo Saloio e no dia de Santarém, dia 22, de Mickael Moreira, Carlos Gonçalves e Alexandre Albergaria.
David Costa, chefe distinguido este ano no guia de São Francisco para 2017 com uma estrela Michelin e um dos grandes aguardados do festival, irá confeccionar um jantar juntamente com os chefes Gonçalo Costa e Bruno Costa no dia 23. Segue-se no dia 25, Bernardo Agrela e João Correia; no dia 26, Rui Martins e Rodrigo Castelo; no dia 27, Alexandre Albergaria e Leopoldo Garcia Calhau; e no dia 28, Margarida Rego e André Rodrigues Santos.

Festival Nacional de Gastronomia traz o melhor da cozinha portuguesa a Santarém

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...