uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Passagem de testemunho sem ressentimentos na Câmara de Constância
Ciclo. Constância tem novo presidente com novas ideias para o concelho

Passagem de testemunho sem ressentimentos na Câmara de Constância

Anterior presidente Júlia Amorim (CDU), derrotada nas urnas, congratulou o seu sucessor, Sérgio Oliveira (PS), na cerimónia de tomada de posse.

Edição de 25.10.2017 | Política

Foi com ‘fairplay’ que a ex-presidente da Câmara de Constância e agora vereadora, Júlia Amorim (CDU), congratulou o novo presidente do município, Sérgio Oliveira (PS), durante a tomada de posse que decorreu no sábado, 21 de Outubro, no edifício dos paços do concelho, acreditando que o autarca irá dar o seu esforço, empenhamento e tempo “para que, de acordo com as suas ideias, o concelho continue a ser uma referência a nível nacional”.
“Apesar das diferenças de ideias, o nosso foco é sempre o melhor para o nosso concelho. Agora, a forma de lá chegar é que poderá ter caminhos diferentes”, afirmou Júlia Amorim. A agora vereadora aproveitou ainda para apelar aos munícipes que continuem a participar activamente publicando as suas opiniões e as suas críticas pois, só assim “podem ajudar todos os eleitos a fazer com que o concelho progrida ainda mais”.
Sérgio Oliveira admite que “ter maioria absoluta nunca foi nem nunca será sinónimo de poder absoluto”, afirmando que quer governar com todos e ser um “pólo de união e não de desunião”. Adianta ainda que deseja que a oposição traga “propostas construtivas e não destrutivas e uma atitude de colaboração e não de bota-abaixo”.
O novo presidente da Câmara de Constância garantiu que tudo fará para que este mandato seja marcado por um ciclo de reformas e de modernização administrativa do município, apresentando como prioridades a fixação de população e de empresas, a criação de empregos e a continuação da luta pela construção de uma nova ponte sobre o rio Tejo, “em diálogo constante com os municípios vizinhos”.
O novo executivo municipal, liderado por Sérgio Oliveira (PS), sofreu alterações, tanto no que respeita aos vereadores da maioria socialista como da oposição, passando os lugares a serem ocupados por Jorge Pereira (PS), Ana Filipa Montalvo (PS) e Sónia Varino (CDU). Júlia Amorim continua no executivo pela CDU, desta vez como vereadora da oposição.
Na assembleia municipal, o presidente passa a ser António Fernandes Mendes (PS), que tem como primeira e segunda secretárias Maria Teresa Gaspar (PS) e Carla Silvério (PS), respectivamente. Este órgão deliberativo passa a ser constituído também pelos socialistas Isabel Costa, Natércio Candeias, Pedro Pereira, Filipa Ferreira, Carlos Dias, e Luís Rodrigues, a par dos novos presidentes das três juntas de freguesia: José Rita (Constância), Ana Luísa Manique (Montalvo) e José Ricardo (Santa Margarida e Coutada). A bancada da CDU é formada por Rui Ferreira, Maria do Rosário Martins, Rogério Palácio e Ana Margarida Varino. Carmen Gomes da Silva representa o Movimento Independentes por Constância (MIC).

Passagem de testemunho sem ressentimentos na Câmara de Constância

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...