uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
“Quando não atender o telefone e deixar de ouvir as críticas chamem-me à atenção”

“Quando não atender o telefone e deixar de ouvir as críticas chamem-me à atenção”

Pedro Ribeiro tomou posse como presidente da Câmara de Almeirim e quer continuar a política de proximidade.

Edição de 25.10.2017 | Política

O presidente da Câmara de Almeirim, Pedro Ribeiro (PS), afirmou no seu discurso de tomada de posse, durante a instalação dos órgãos autárquicos, que decorreu na noite de sexta-feira, 20 de Outubro, que é a “proximidade que faz a diferença, porque é para as pessoas que trabalhamos”. E acrescentou: “Quando não atender o telefone, quando não ouvir as críticas e quando não for a todos os eventos, chamem-me à atenção”.
Pedro Ribeiro destacou que uma das apostas passa por “imprimir uma maior dinâmica na área do turismo” para que Almeirim “possa dar o salto” para que “os milhares de pessoas que visitam e param na zona dos restaurantes possam ficar mais tempo”.
O autarca socialista é um adepto da regionalização e voltou a falar dela. “Muito se fala da descentralização, mas a verdadeira descentralização precisa de uma verdadeira reforma e essa passa por uma regionalização que possa efectivamente aproximar eleitos e eleitores. Para que quem toma as decisões a nível intermédio esteja mandatado pela população para tomar essas decisões”.
O novo executivo camarário é composto por Pedro Ribeiro (PS), Paulo Caetano (PS), Eurico Henriques (PS), Ana Casebre (PS), Emília Moreira (PS), Rui Rodrigues (PS) e Sónia Colaço (CDU).
A mesa da assembleia nunicipal foi reeleita, mantendo a configuração de há quatro anos, com Carlos Mota e Teresa Filipe como secretários e com a presidência de José Marouço.

“Quando não atender o telefone e deixar de ouvir as críticas chamem-me à atenção”

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...