uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Tomar vai ter que escolher entre a região Centro e Lisboa e Vale do Tejo
Futuro. As decisões do novo executivo vão moldar o futuro da cidade e o seu papel

Tomar vai ter que escolher entre a região Centro e Lisboa e Vale do Tejo

Presidente da câmara disse na tomada de posse que esse vai ser um dos grandes desafios do novo mandato, a par do novo pacote de delegação de competências nas autarquias que o Governo quer implementar.

Edição de 25.10.2017 | Política

A presidente da Câmara de Tomar, Anabela Freitas (PS), diz que há dois grandes desafios para o novo mandato: o conjunto de competências que a administração central pretende delegar nas autarquias, que a autarca considera ser “um descartar de responsabilidades” e a reorganização administrativa do território, no âmbito do próximo quadro comunitário, que ditará “onde é que Tomar quer estar, se em Lisboa e Vale do Tejo ou na região Centro. O local onde ficarmos afectará o dia a dia de todos os tomarenses e destas decisões depende o futuro de décadas de trabalho em Tomar”, disse, durante a cerimónia de tomada de posse dos autarcas da câmara e assembleia municipal, realizada no sábado, 21 de Outubro, no Cine-Teatro Paraíso.
Anabela Freitas apontou como grandes obras do novo mandato as empreitadas de requalificação de Palhavã, da Várzea Grande e da Avenida Nuno Álvares Pereira. Elencou ainda a construção do Centro Escolar da Linhaceira e a requalificação de equipamentos desportivos do concelho, a que se junta a resolução do problema da habitação social, aumentar a rede de saneamento básico e requalificar o parque empresarial. Valorizar o património histórico e cultural e melhorar a mobilidade na cidade são outras propostas que quer concretizar.
Assumem funções no executivo camarário, além de Anabela Freitas (PS), os vereadores Hugo Cristóvão (PS), Filipa Fernandes (PS), Hélder Henriques (PS), José Delgado (PSD), Célia Bonet (PSD) e Luís Ramos (PSD).
José Pereira foi reeleito na lista do PS para liderar a Assembleia Municipal de Tomar e no seu discurso de tomada de posse destacou que “é necesário continuar a trabalhar com dedicação para colocar o concelho de Tomar no lugar que merece e que lhe pertence”. Terá Fátima Duarte como primeira secretária e António Costa Marques como segundo secretário.

Tomar vai ter que escolher entre a região Centro e Lisboa e Vale do Tejo

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...