uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Presidente da Câmara de Santarém quer cluster da saúde no concelho
Sessão solene de abertura do ano lectivo decorreu no auditório da Escola Superior de Saúde de Santarém

Presidente da Câmara de Santarém quer cluster da saúde no concelho

Na sessão de abertura do ano lectivo do Instituto Politécnico de Santarém Ricardo Gonçalves disse acreditar que novos investimentos nessa área vão ser uma realidade.

Edição de 25.10.2017 | Sociedade

O presidente da Câmara de Santarém, Ricardo Gonçalves (PSD), continua a acreditar que um novo hospital privado se vai instalar em Santarém e afirma que há outros investimentos na área da saúde que a curto ou médio prazo se podem concretizar no concelho. “Espero que consigamos ter aqui um cluster da saúde”, disse o autarca durante o breve discurso que proferiu na sessão solene de abertura do novo ano lectivo do Instituto Politécnico de Santarém (IPSantarém).
Recorde-se que o Hospital da Luz manifestou a intenção de construir uma unidade na cidade, tendo o pedido de informação prévia sido chumbado pela oposição na Câmara de Santarém.
A cerimónia decorreu na tarde de 19 de Outubro no auditório da Escola Superior de Saúde de Santarém e Ricardo Gonçalves disse acreditar que essa é uma possibilidade de crescimento que traria também vantagens para a escola onde se encontrava e valor acrescentado para a região.
Antes, o presidente do IPSantarém, Jorge Justino, havia destacado algum do trabalho que tem vindo a ser desenvolvido, nomeadamente as apostas na investigação, na internacionalização, com a atracção de estudantes estrangeiros, e também o desempenho da instituição ao nível da empregabilidade, em que ocupa o terceiro lugar a nível nacional entre os institutos politécnicos.
Desempenho igualmente realçado por Ricardo Gonçalves que declarou que “quanto mais forte for o IPSantarém mais forte é Santarém, mais forte é Rio Maior, mais forte é a região”. A presidente da Câmara de Rio Maior, Isaura Morais, alinhou no mesmo sentido. Referiu a importância que a Escola Superior de Desporto de Rio Maior tem na cidade e na comunidade, sublinhando ainda o impacto positivo que têm os 950 estudantes dessa escola, 350 dos quais admitidos neste ano lectivo. Deixou ainda a garantia que a parceria entre o seu município e o IPSantarém, que dura há 20 anos, será para manter e reforçar durante o novo mandato autárquico, que agora se inicia.
O presidente da Associação de Estudantes da Escola Superior de Saúde de Santarém, Rui Mendes, também discursou, focando a tragédia que o país viveu devido aos incêndios e apelando à reflexão com vista à mudança de atitudes e comportamentos. “O aquecimento global não é invenção dos desenhos animados. Está aí e somos nós que o alimentamos”, disse.
A sessão contou ainda com uma oração de sapiência a cargo do investigador e professor catedrático Miguel Castanho, natural de Santarém.

Presidente da Câmara de Santarém quer cluster da saúde no concelho

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...