uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Socialistas tiram maioria à CDU em Castanheira do Ribatejo e ganham assembleia

Socialistas tiram maioria à CDU em Castanheira do Ribatejo e ganham assembleia

Comunista Luís Almeida vai continuar como presidente de junta. Tomada de posse ficou marcada por ambiente de espírito democrático e respeito pelos vencedores.

Edição de 02.11.2017 | Política

O Partido Socialista teve nas últimas eleições o melhor resultado nas votações para a União de Freguesias de Castanheira do Ribatejo e Cachoeiras, concelho de Vila Franca de Xira, desde 1986, tendo conseguido roubar a maioria absoluta à CDU. Por esse motivo, Pedro Castelo (PS) acabou eleito para a presidência da assembleia de freguesia, secretariado por Francisco Silva e Florinda Roque. Luís Almeida, da CDU, mantém-se como presidente daquela junta de freguesia.
A tomada de posse dos eleitos daquela união de freguesias realizou-se na noite de sexta-feira, 20 de Outubro, na Associação de Promoção Social da Castanheira e ficou marcada por um elevado espírito democrático: a CDU reconheceu o mérito do PS e viabilizou a mesa da assembleia, os socialistas fizeram o mesmo em relação ao executivo. Mas com promessas, de ambos os lados, de realizarem uma intervenção atenta na assembleia de freguesia. Nesta, como nas outras freguesias, o fiel da balança volta a ser a Coligação Mais, liderada pelo PSD, que tem um eleito na união de freguesias.
Alberto Mesquita (PS), presidente da Câmara de Vila Franca de Xira, que esteve na cerimónia, exaltou a forma democrática como decorreu a sessão. “Todas as forças tiveram uma postura construtiva, não votaram para dificultar a acção umas das outras e saio daqui muito entusiasmado com o que ouvi”, reconheceu.
Já o novo presidente da junta, Luís Almeida (CDU), voltou a criticar a união de freguesias, dizendo que foi “um erro crasso” e apelou ao presidente da câmara para dotar as juntas de “maiores e melhores” meios financeiros e técnicos.
Luís Almeida agradeceu a confiança dos moradores e admitiu ser “uma honra” voltar a ser presidente. “Mas é também uma reponsabilidade redobrada porque as responsabilidades aumentaram. Em política não vale tudo e temos a obrigação de estabelecer laços de confiança com a população. Não somos todos iguais mas seremos uma junta para todos e todos serão tratados por igual”, frisou o autarca.

Socialistas tiram maioria à CDU em Castanheira do Ribatejo e ganham assembleia

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...