uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Deslizamento de terras na Póvoa e corte de trânsito em Alverca e ainda pouco choveu

Edição de 08.11.2017 | O MIRANTE dos Leitores

Li duas notícias no online de O MIRANTE ao fim de meia dúzia de horas de chuva pouco intensa. Depois dos fogos, se calha começar a chover vamos ter mais uma tragédia e sem que isso surpreenda ninguém. Os “especialistas” dizem que para repormos o nível das barragens em termos aceitáveis eram necessários dois meses de chuvas intensas. Espero que Deus não os oiça. Nem Deus nem o Demónio. Se chove intensamente durante dois meses seguidos acaba-se Portugal de uma vez por todas. É que a incúria do Estado não se resume à floresta. Em termos de chuvas, cheias e enxurradas é capaz de ser bem pior. Entretanto lá nos vão “esmifrando” o pouco que ganhamos com impostos indirectos, taxas e taxinhas que só servem para repor os famosos direitos adquiridos aos mesmos de sempre. Aqueles que têm capacidade para reivindicar nas ruas. Os funcionários públicos.
Rosa Maria Anelo

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...