uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Filho do candidato do PS à Câmara de Santarém chamou medíocre ao presidente

Edição de 08.11.2017 | O MIRANTE dos Leitores

Este senhor Pedro Barreiro, que tem uma avença com a Câmara Municipal de Santarém para exercer funções de programador do Teatro Sá da Bandeira, tinha direito a manifestar-se publicamente a favor do seu pai, que era candidato do PS e a chamar medíocre ao presidente da câmara, Ricardo Gonçalves, do PSD, que voltou a ganhar a câmara.
No entanto, tendo adoptado essa crítica contundente, o mais que tinha a fazer era demitir-se da missão para que tinha sido contratado uma vez que não se vê como é que um avençado pode trabalhar para alguém que considera um medíocre. Não o fez e é normal que o presidente da câmara não queira repetir uma avença com alguém que não o considera capaz de exercer o cargo que exerce por ter sido eleito democraticamente e com maioria absoluta.
O que eu gostaria de saber é se o programador Pedro Barreiro, cujo trabalho como programador é questionável, manteria o mesmo cargo se tivesse sido o seu pai, Rui Barreiro, a ganhar as eleições. Ser contratado pelo pai para um cargo daqueles é eticamente reprovável mas já se sabe que quando toca a dar emprego aos filhos não tem havido muita ética entre os nossos políticos.
Luís Monteiro

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...