uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Câmara de Abrantes com orçamento de 34 milhões de euros para 2018
Orçamento aprovado por maioria com voto contra do BE e abstenção do PSD

Câmara de Abrantes com orçamento de 34 milhões de euros para 2018

Aumento de cinco por cento a pensar na comparticipação de investimentos financiados por fundos comunitários.

Edição de 08.11.2017 | Política

O executivo camarário de Abrantes apresentou o orçamento para 2018, com o valor de 34.095.75 euros, aprovado pela maioria socialista na reunião de câmara de 31 de Outubro, com o voto contra do vereador Armindo Silveira (BE) e a abstenção de Rui Santos (PSD). Os vereadores da oposição seguiram o mesmo sentido de voto relativamente ao orçamento dos Serviços Municipalizados de Abrantes, que conta com uma verba de 8 milhões de euros.
O orçamento municipal representa mais 5% face ao ano anterior e, de acordo com a presidente do executivo socialista, Maria do Céu Albuquerque (PS), “decorre da utilização dos fundos comunitários”, referindo que “existe maior aumento de verbas transferidas do Portugal 2020”, que o município terá que acompanhar com a sua parte nos investimentos.
Acção social, educação, cultura, património e desporto são áreas consideradas prioritárias. Maria do Céu Albuquerque destacou medidas como o desenvolvimento do projecto educativo municipal, o programa de apoio à fixação de médicos e a consolidação do programa “FinAbrantes” de apoio ao movimento associativo.
A consolidação do programa “Mais Vida”, de apoio aos idosos, iniciativas de promoção do envelhecimento activo e consolidação do programa “Abrantes Invest” são também prioridades assumidas.
Relativamente aos serviços municipalizados de Abrantes (SMA), a presidente da câmara garantiu “um serviço de qualidade” e lembrou que “os SMA vão receber um selo de qualidade no início deste mês de Novembro, numa cerimónia pública”. Destacou ainda os investimentos necessários para levar a água a partir de Castelo de Bode até ao sul do concelho, no âmbito de uma candidatura a fundos comunitários.
A presidente do executivo informou ainda que a dívida municipal situa-se actualmente nos sete milhões de euros. Em 2009, iniciou funções como presidente com valores próximos dos 20 milhões de euros.

Câmara de Abrantes com orçamento de 34 milhões de euros para 2018

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...