uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Governo questionado sobre falta de equipamentos informáticos em escola

Número de computadores e de projectores disponíveis para as salas de aula é insuficiente na Escola Básica e Secundária Dr. Manuel Fernandes, em Abrantes.

Edição de 08.11.2017 | Sociedade

Bloco de Esquerda, PSD e PS questionaram o Ministério da Educação sobre a “falta de equipamentos informáticos na Escola Básica e Secundária Dr. Manuel Fernandes, em Abrantes”, lamentando a ausência de respostas a uma questão que, refere, foi colocada à tutela em 2016.
Na questão colocada ao Governo, o deputado Carlos Matias, eleito por Santarém, pergunta “quando será dotada a Escola Básica e Secundária Dr. Manuel Fernandes de todo o equipamento informático de que carece”, tendo lembrado que a mesma havia sido “enviada em Setembro e reenviada em Dezembro do ano passado” e “das duas interpelações não resultou até hoje qualquer resposta por parte do Ministério da Educação”.
O BE lembra que a Escola Básica e Secundária Dr. Manuel Fernandes (sede do Agrupamento de Escolas Nº 2 de Abrantes) “foi alvo de um processo de requalificação das suas instalações por parte da Parque Escolar, numa intervenção que terminou oficialmente em Setembro de 2015”, mas “não foi, no entanto, apetrechada com o necessário equipamento informático, encontrando-se até hoje numa situação de enorme carência”.
“O número de computadores e de projectores disponíveis para as salas de aula é manifestamente reduzido e insuficiente, o que, como é óbvio, condiciona gravemente as condições de aprendizagem dos alunos e de trabalho dos professores”, pode ler-se no documento.
Também os deputados Jorge Lacão (PS) e Duarte Marques (PSD) perguntaram ao Ministério da Educação se,”tendo em conta a falta de equipamento informático e audiovisual para fazer face às actuais necessidades da escola e dos alunos (…), tem o Ministério da Educação disponibilidade para colmatar as lacunas referidas” e se “está previsto algum plano de reequipamento informático e audiovisual para as escolas públicas portuguesas”.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...