uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
A morte da “Santa da Ladeira”

A morte da “Santa da Ladeira”

Edição de 16.11.2017 | Aniversário

Edição de 13.08.2003 Uma paragem cardio-respiratória pôs termo à vida de Maria da Conceição Mendes Horta, a “Mãe Maria” ou a “Santa da Ladeira”, como ficou conhecida. Morreu no dia 10 de Agosto de 2003, no Hospital de Torres Novas. Tinha fama de vidente e milagreira e foi, provavelmente, um dos maiores fenómenos da religiosidade popular das últimas décadas. No funeral de “Mãe Maria”, centenas de fiéis prestaram a última homenagem a essa mulher de 72 anos, natural de Riachos, Torres Novas, que ao longo dos anos “curou” os doentes, “entrou em contacto” com divindades, criou uma fundação e exerceu uma considerável acção social, auxiliando idosos e crianças desprotegidos. O corpo foi transportado para o Santuário de Nossa Senhora das Graças, na Ladeira do Pinheiro, Meia Via, onde a “Mãe Maria” teve uma longa cerimónia fúnebre que se prolongou por dois dias.

A morte da “Santa da Ladeira”

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...