uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Deputado apela à continuação das obras no Aqueduto dos Pegões

Duarte Marques defende também a reprogramação dos fundos comunitários, com mais verbas para a preservação do património cultural do interior.

Edição de 16.11.2017 | Sociedade

O deputado do PSD Duarte Marques, eleito pelo círculo de Santarém, questionou o ministro da Cultura sobre futuros investimentos na preservação do Aqueduto dos Pegões, em Tomar, no âmbito do debate sobre o Orçamento de Estado para 2018 na Assembleia da República.
Classificando o aqueduto como “talvez o mais bonito do país, mas o mais desconhecido da opinião pública”, Duarte Marques recordou que está praticamente concluída a intervenção em quatro dos pilares que se encontravam mais degradados, empreitada financiada em 85% por fundos comunitários e no restante pela Câmara de Tomar. Agora, defende, há que continuar o investimento e garantir a recuperação possível de um dos monumentos que considera mais emblemáticos da região.
Duarte Marques sugeriu ainda que se reprograme o actual quadro comunitário de apoio Portugal 2020, visando garantir mais financiamento para a preservação do património cultural do interior. E chamou também a atenção para a necessidade de encontrar novos modelos de financiamento para o património cultural pertencente a entidades privadas e com elevado interesse nacional, para o qual não existe qualquer tipo de financiamento nacional ou comunitário.
O deputado lembra que concelhos da região como Sardoal, Constância, Abrantes, Santarém e Torres Novas, entre outros, têm património que embora não pertencendo ao Estado é muito visitado mas cujas entidades proprietárias não têm capacidade para manter.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...