uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Loteamento da Malvarosa alterado para ter mais estacionamento

Presidente do município admite levar proposta a discussão do executivo

Edição de 16.11.2017 | Sociedade

Pode estar para breve a discussão e votação de uma proposta na Câmara de Vila Franca de Xira para proceder a uma nova alteração ao loteamento da Malvarosa em Alverca, a maior urbanização do concelho, para permitir a construção de mais estacionamento. A ideia foi levantada numa das últimas reuniões públicas do executivo por Alberto Mesquita (PS), presidente do município.
O estacionamento naquela urbanização é um dos maiores problemas e continua a ser em número deficitário face ao que estava previsto no loteamento, faltando ainda criar cerca de 270 lugares para estacionamento automóvel. “Estamos a estudar a possibilidade de trazer a reunião uma alteração ao loteamento para que não se faça nada nos lotes que estão expectantes [junto à estrada nacional]. Se isso acontecer poderá ser uma revolução e é uma ideia que temos há algum tempo e que vale a pena discutir com a comissão de moradores. Concordo que permitir-se mais construção naquela urbanização a tornará muito pesada”, notou Alberto Mesquita.
Nos últimos meses o município tem trabalhado de forma mais directa com a comissão de moradores para, em parceria, ir encontrando soluções que minimizem alguns problemas. As zonas verdes têm tido maior atenção e recentemente foram criados 14 novos lugares de estacionamento e 25 lugares adicionais num parque provisório junto à restauração.
O autarca nota que o mercado imobiliário está a “ficar mais interessante” e por isso é natural que também os promotores imobiliários avancem com a construção em lotes que, até aqui, estiveram devolutos. “As coisas têm o seu momento e o accionamento das garantias bancárias está em desenvolvimento”, explicou o autarca.
Face às queixas da comissão de moradores em torno do encerramento ao trânsito da Praça Engenheiro Vaz Guedes, de que O MIRANTE deu nota em Outubro, o presidente do município ressalva que já existe um “estudo-proposta” para o que está pensado para o local mas que ainda terá de ser apreciado pela comissão de moradores. “Apesar das diferenças de diálogo nunca deixámos de fazer o que é necessário”, assegura o autarca. A Malvarosa é a maior urbanização do concelho onde vivem mais de três mil famílias.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...