uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Biblioteca Marcelino Mesquita está como nova e com mais espaço
O presidente da Câmara do Cartaxo, Pedro Ribeiro, falou das obras feitas

Biblioteca Marcelino Mesquita está como nova e com mais espaço

Salão das Artes e Jardim das Letras já podem ser visitados após investimento de 35 mil euros por parte da Câmara do Cartaxo.

Edição de 23.11.2017 | Cultura e Lazer

Após as obras estruturais no edifício, a Biblioteca Marcelino Mesquita, no Cartaxo, dispõe agora de dois espaços que foram reconvertidos: os novos Salão das Artes e Jardim das Letras. O presidente da Câmara do Cartaxo, Pedro Magalhães Ribeiro (PS), considera que o investimento na renovação da biblioteca, cerca de 35 mil euros, permite recuperar para o público a utilização de dois espaços centrais: a sala de exposições e o jardim, para além de devolver segurança, dignidade e sustentabilidade ao edifício”, afirmou.
Iniciadas no segundo trimestre de 2017, as obras incluíram intervenções profundas em todas as salas que constituem a área da biblioteca. “Havia problemas no edifício que se arrastavam há anos, sobretudo devido à humidade vinda do solo através das próprias fundações”, explicou Pedro Ribeiro para quem a intervenção na biblioteca foi sempre uma das prioridades. Só faltava reunir as condições financeiras.
Entre as muitas intervenções estruturais, Pedro Ribeiro destacou o investimento na criação de caixas de ar ventiladas que passam a envolver todas as paredes até três metros de altura, a substituição de partes dos soalhos que se encontravam apodrecidas, que as visíveis, quer as que são estruturas de suporte. As intervenções ao nível da iluminação interior e exterior do edifício foram também uma preocupação desta intervenção, explicou o autarca.

Espaço com programa e agenda cultural própria
Além da reabertura da renovada Biblioteca Municipal Marcelino Mesquita, no dia 11 de Novembro decorreu também a inauguração da exposição residente do Salão das Artes. São 29 obras assinadas por Eduardo Rosa Mendes, Jorge Maltieira e José Tagarro, pintores naturais ou residentes no Cartaxo, de um total de 50 obras doadas pelos artistas à câmara municipal que estão agora reunidas num só espaço.
A vereadora da Cultura, Elvira Tristão (PS), considera que um dos maiores desafios que se coloca à Biblioteca Municipal Marcelino Mesquista é o de ser um lugar “habitado”, o que, defende, será possível se “soubermos estabelecer parcerias com pessoas e com instituições que possam trazer os seus projectos culturais e artísticos”, sublinhou.
Lançamento de livros, projectos de teatro para a infância e juventude e uma feira do livro usado estão já agendadas até ao final do ano – no dia 2 de Dezembro Berta Pereira apresentará o seu projecto “Histórias com Teatro Dentro” e Ana Simão apresentará o seu livro, “Menina dos Ossos de Cristal”. Em 2018 a biblioteca vai ter programa e agenda cultural própria.

Biblioteca Marcelino Mesquita está como nova e com mais espaço

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...

    Capas

    Assine O MIRANTE e receba o Jornal em casa
    Clique para fazer o pedido