uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Falta pessoal nas enfermarias dos hospitais do Médio Tejo

Edição de 23.11.2017 | Sociedade

Cerca de 20 trabalhadores do Hospital de Abrantes realizaram um plenário à porta da unidade dessa saúde para protestar contra a “grave falta de assistentes operacionais” que está a obrigar a “trabalho sem descanso”, disse fonte sindical.
Luís Pesca, do Sindicato dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais do Sul e Regiões Autónomas (STFPSSRA), disse que esta situação está “a pôr em causa a saúde e a segurança dos trabalhadores e a prestação de cuidados aos utentes”, sublinhando que a situação é igualmente grave nas unidades hospitalares de Tomar e Torres Novas, também no Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT).
“Há cada vez menos trabalhadores nas enfermarias. Aos fins-de-semana há enfermarias que passam de quatro auxiliares para um”, disse, acrescentando que houve um dia do mês de Outubro em que as Urgências do Hospital de Abrantes tiveram apenas dois auxiliares para 50 utentes.
Contactado pela Lusa, fonte oficial do conselho de administração do CHMT disse que aquele centro hospitalar “integrou, nestes últimos anos, no seu quadro de Recursos Humanos, mais 71 assistentes operacionais, o que representa igualmente um aumento percentual expressivo desta categoria de trabalhadores”.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...

    Capas

    Assine O MIRANTE e receba o Jornal em casa
    Clique para fazer o pedido