uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Célia Apolinário 

Célia Apolinário 

Farmacêutica na Farmácia São José, 29 anos, Almeirim

Edição de 29.11.2017 | Agora Falo Eu

Se pudesse ter um super poder qual escolheria? Se pudesse ter um super poder escolhia o de me teletransportar. Não gosto de perder muito tempo em viagens.

Já visitou alguma praia fluvial da região? Já mas quero explorar melhor a nossa zona.

É aficionada? Já fui mais aficionada mas gosto de toda a festa que se vive à volta de uma corrida de touros, por exemplo. Respeito a actividade tauromáquica pois é uma tradição do nosso povo.

Qual é o maior desafio para uma colectividade hoje em dia? Penso que o maior desafio é conseguir apoios financeiros para se manter.

No Natal o que não pode faltar na sua mesa? No Natal não pode faltar o bolo-rei e a “Galette des Rois” (bolo rei de França).

Gosta de grandes reuniões familiares? Gosto muito e acho muito importante conservar esse hábito de união.

Custa-lhe levantar de manhã para trabalhar? Não. Quando gostamos do que fazemos nunca nos custa levantar. Acredito que faço a diferença na farmácia onde trabalho e tenho o reconhecimento da população que sirvo. Este é o motivo que me faz levantar todos os dias.

Qual o objecto que nunca fica em casa? Infelizmente, o telemóvel. Digo infelizmente pois acho que nos estamos a tornar demasiados dependentes das tecnologias.

Gosta de comemorar o seu aniversário? Qual o melhor presente que já recebeu? Gosto muito de comemorar o meu aniversário pela festa e pela presença da família. O meu melhor presente foi a minha cadela que me divertiu durante cerca de 13 anos.

As pessoas preocupam-se mais ou menos com asaúde? As pessoas idosas preocupam-se muito com a sua saúde e fazem prevenção de algumas doenças. A população trabalhadora não. Estamos a viver a um ritmo muito acelerado e as pessoas não têm tempo para dar atenção à sua saúde.

Sente-se livre? Sinto-me livre de pensamento mas sinto-me presa a esta sociedade em que vivemos a um ritmo alucinante, sem tempo para fazermos o que queremos e para estarmos com quem queremos.

Qual a sua actividade preferida? Pintar e desenhar são os meus escapes.

Gosta de conduzir? Já soprou no balão? Sim, gosto muito de conduzir, gosto da sensação de poder controlar o meu destino. Já soprei no balão uma vez mas correu tudo bem. Acho que as operações Stop são importantes para prevenir alguns males maiores.

Separa os lixos domésticos? Separo. É importantíssimo fazê-lo porque o planeta é de todos e todos temos o dever de cuidar dele. Além disso, nunca nos podemos esquecer que os filhos são o espelho dos pais e por isso temos de dar o exemplo.

Branco ou tinto? Tinto, por ser um vinho mais rico em antioxidantes. Acompanha bem um ensopado de borrego, por exemplo.

Qual o alimento que não comia nem que lhe pagassem? Favas. É o único alimento que não sou mesmo capaz de comer, apesar das tentativas...

Quem gostava de convidar para lanchar? O nosso Presidente da República pois considero-o uma pessoa muito culta e com quem temos muito a aprender.

Quando viaja prefere que meio de transporte? Gosto de carro mas o comboio também é uma boa alternativa. Depende do destino.

Costuma dar a vez a pessoas mais idosas na fila do supermercado? Sim, costumo. Infelizmente é um dever que muita gente esquece.

Que conselho daria ao primeiro-ministro? Porquê? Para ter cuidado com a gestão do dinheiro dos contribuintes em vez de adoptar políticas eleitoralistas.

Ainda acredita nos políticos? Deixei de acreditar depois do que se passou este ano com os incêndios.

Concorda com a união de freguesias que foi feita? Penso que a união de freguesias criou rivalidades entre as localidades. Um presidente de uma União de Freguesias, por muito que se esforce, vai ter sempre eleitores a reclamarem que ele está a fazer mais por uma localidade do que por outra.

O que punha a funcionar na sua terra que não existe? Adoro cinema por isso gostava que houvesse um cinema a funcionar.

Célia Apolinário 

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...