uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Todas as decisões de Passos Coelho eram revertidas mas portagens na A23 continuam

Edição de 29.11.2017 | O MIRANTE dos Leitores

A propaganda deste Governo sempre foi a de que iria reverter todas as medidas do Governo PSD/CDS-PP que tinham prejudicado os portugueses. Numa altura em que o Governo “geringonça” está em funções já deu para perceber que quando os seus responsáveis falavam em reverter medidas lesivas da população estavam essencialmente a pensar nos funcionário públicos.
Para não me alongar quero referir as portagens que Passos Coelho introduziu na A23. É verdade que sendo as mais caras de todo o país baixaram uns cêntimos mas mantiveram-se porque este Governo se pela todo por receitas de todos para satisfazer alguns. Nem sequer no troço da A23 que não estava concessionado (Nó de Torres Novas a Mouriscas, se não me falha a memória) as portagens desapareceram e também é verdade que os municípios da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo nunca mais se importou com isso.
Quanto à comissão (ou será comité, dado pertencerem todos a PCP e BE) de luta contra as portagens também amansou...mas esses eu percebo que se tenham calado. Eles sabem que o dinheiro faz falta para descongelar carreiras, e coisas assim, dos seus clientes sindicais.
Houve um deputado eleito pelo círculo eleitoral de Santarém pelo BE, Carlos Matias, que falou no assunto no debate deste orçamento de Estado mas para aquele partido e para o PCP não era essencial acabar com as portagens para aprovar o Orçamento.
Hélder Caetano

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...