uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Director do Teatro Sá da Bandeira em Santarém sai de cena

Edição de 03.01.2018 | O MIRANTE dos Leitores

Com a medíocre e desajustada programação que o Teatro Sá da Bandeira de Santarém tem vindo a apresentar, até admira que o programador Pedro Barreiro não tenha sido despachado mais cedo. Lamento que tenha sido necessário o agora dispensado programador ter chamado ao presidente da câmara medíocre para que tenha sido posto termo à mediocridade do seu trabalho. Desejo que esta seja uma oportunidade para o Sá da Bandeira voltar a ter uma programação dirigida à população do concelho e não apenas a alguns pseudo-intelectuais e que sejam apresentados na sala, artistas e espectáculos que muita gente só pode ver deslocando-se a Lisboa com os custos que isso tem, nomeadamente em termos de gastos com transportes. Os artistas locais não podem esperar ter lugar garantido na programação da sala só pelo facto de serem locais. Ou têm qualidade ou não entram. O Sá da Bandeira tem que ser uma sala aberta mas apenas a quem a dignifique. Pelo Sá da Bandeira já passaram artistas de primeiro plano, quer nacionais, quer internacionais. Está na altura de a sala recuperar o seu prestígio.
Fernando de Carvalho

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...