uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Hospital de Santarém desvaloriza avaria de uma semana no sistema informático
Foto O MIRANTE - José Josué diz que prazo para reparar a anomalia foi aceitável

Hospital de Santarém desvaloriza avaria de uma semana no sistema informático

Administrador não dá informações sobre constrangimentos dizendo apenas que o plano de contingência funcionou.

Edição de 17.01.2018 | Sociedade

O presidente do Conselho de Administração do Hospital Distrital de Santarém defende que a empresa responsável pela manutenção do sistema informático daquela unidade de saúde, a Oracle, deu uma resposta adequada e eficiente à falha que impediu o acesso às bases de dados de registos clínicos e gestão de doentes durante mais de uma semana. Em declarações a O MIRANTE, José Josué disse que a anomalia que danificou dois dos cento e vinte e seis discos de armazenamento de informações é uma situação pouco comum e que o tempo que decorreu entre a avaria, na tarde de 4 de Janeiro, quinta-feira e o restabelecimento da normalidade uma semana depois, no dia 11, é aceitável.
“A Oracle respondeu com eficiência à situação, mantendo desde logo todo o suporte ao hospital, fazendo equipa com os nossos técnicos e com os Serviços Partilhados do Ministério da Saúde, responsáveis por todos os sistemas de informação do Ministério. Foi pela intervenção da Oracle que foi possível importar, num espaço de horas, os discos para substituição dos avariados”, explica.
Sobre os naturais problemas gerados pela situação, que obrigou médicos, enfermeiros e administrativos a trabalhar de uma forma que alguns, nomeadamente os mais jovens, nunca tinham utilizado, com recurso a registos, requisições, elaboração de relatórios e emissão de receita, por exemplo, manualmente, em papel, o administrador nada adianta. “O plano de contingência para estas situações foi activado e funcionou em pleno”, diz.
José Josué acrescenta que com excepção do sistema de gestão de doentes e informação clínica do hospital as restantes funcionalidades continuaram operacionais. “Mantiveram-se sem constrangimento significativo um conjunto de outras funcionalidades que suportam a restante actividade do hospital, nomeadamente meios complementares de diagnóstico e terapêutica, farmácia hospitalar, logística, recursos humanos, serviços financeiros e restantes aplicação de suporte”, afirma.
E, perante a insistência do jornalista sobre o tempo que demorou a ser reposto todo o sistema, volta a repetir a informação já dada: “Tudo foi feito para garantir que o hospital não perderia nenhuma informação armazenada desde 1999. Qualquer precipitação tinha esse risco associado”.
Para além de desvalorizar os efeitos negativos que a situação possa ter gerado o presidente do Conselho de Administração do Hospital Distrital de Santarém recusou-se a dar explicações sobre os custos que a mesma teve e também não quis dizer quem está a introduzir nas bases de dados as informações registadas em papel ao longo dos dias em que o sistema informático não funcionou e quanto tempo irá demorar esse trabalho. “Vai demorar algum tempo mas a situação não é crítica”, limitou-se a dizer.

Reparação da avaria demorou mais do que o previsto
Recorde-se que a quebra no sistema informático ocorreu na tarde de quinta-feira, 4 de Janeiro, e que, em declarações a
O MIRANTE, no dia seguinte, o gestor disse que tudo estaria resolvido até ao final desse dia. O MIRANTE tinha detectado o problema ao monitorizar, através do site do Sistema Nacional de Saúde, o tempo médio de espera e o número de pessoas inscritas nas urgências dos hospitais. Em relação ao Hospital de Santarém a informação, que se manteve nos dias seguintes, era a não existência de qualquer doente para atender.
O Hospital Distrital de Santarém é uma unidade de saúde da maior importância para a região uma vez que serve os concelhos de Almeirim, Alpiarça, Cartaxo, Chamusca, Coruche, Rio Maior, Salvaterra de Magos e Santarém, num total de mais de 190 mil habitantes.

Hospital de Santarém desvaloriza avaria de uma semana no sistema informático

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...