uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Filipe Ramalho
foto DR

Filipe Ramalho

Torneiro, 37 anos, dirigente da Sociedade Recreativa da Granja, Vialonga

Edição de 01.02.2018 | Agora Falo Eu

Devia ser feriado no Carnaval? Não sou um grande folião mas acho que devia ser feriado porque há muitas pessoas que adoram esta data festiva. Na Granja, por exemplo, temos sempre um grande Carnaval.

Usa agenda para programar o seu dia-a-dia? Sim uso, sem ela não sei o que faria. Não gosto de faltar aos compromissos e com ela não corro o risco de me esquecer.

Deposita dinheiro em contas de solidariedade quando os números das mesmas são divulgados? Não deposito dinheiro nas chamadas contas de solidariedade. Quando quero ajudar alguém ou alguma instituição faço-o directamente.

Ainda tem tempo para tomar o pequeno-almoço em casa ou toma-o no café ao pé do emprego? Tomo sempre o pequeno-almoço em casa. É uma refeição importante e não gosto de sair de casa sem comer.

Quantos guarda-chuvas costuma perder num Inverno bastante chuvoso? Não perco nenhum porque não uso guarda-chuva.

Os jovens estão sensíveis às necessidades do trabalho associativo? Sim, acho que hoje em dia os jovens estão mais sensíveis para causas solidárias. Se olharmos para a equipa da Sociedade Recreativa da Granja é bastante jovem. Somos uma equipa bastante empenhada.

O que faz falta na sua região? Acho que temos tudo mas sempre podemos dizer que fazia falta um ginásio...

Quando tem uma dor de cabeça toma imediatamente um comprimido ou espera que ela passe? Quando tenho uma dor de cabeça tomo logo um comprimido. Não consigo fazer nada quando a cabeça não está bem.

Já visitou algum museu da região? Nunca visitei um museu da região. Não tenho muito tempo nem paciência para museus. Prefiro passar o meu tempo livre a fazer outras coisas.

Alguma vez deu sangue? Nunca dei sangue porque tenho medo de agulhas.

Tem algum familiar internado num lar de terceira idade? Não tenho.

Costuma ter ciúmes? Sim, confesso. Tenho ciúmes da minha esposa.

Ir comprar roupa ou sapatos dá-lhe prazer? E gosta de fazer essas compras sozinho ou acompanhado? Gosto de as fazer sempre acompanhado, assim tenho sempre outra opinião nas escolhas.

Se vir alguém deitar lixo para o chão diz-lhe alguma coisa? Que resposta costuma receber? Depende do sítio que for. Por vezes podemos sofrer algumas represálias mas tento sempre mostrar o meu desagrado.

Costuma utilizar auto-estradas mesmo tendo estradas alternativas? Porquê? Utilizo auto-estradas quando faço viagens longas. No meu dia-a-dia circulo noutras estradas.

A Justiça é mesmo igual para todos? Acho que sim .

Quando andava na escola gostava mais de Português ou de Matemática? Quando andava na escola gostava mais de português. Não me dava bem com os números.

Já apanhou alguma multa de trânsito? Já apanhei uma multa por excesso de velocidade. O limite era 90 quilómetros por hora e eu ia a 110.

Sabe o nome do seu médico de família? Há quanto tempo não o vê? É uma médica. Drª Ana Costa. Como eu faço desporto regularmente tento marcar sempre duas ou três consultas com ela por ano.

Tem alguma tatuagem ou já pensou fazer uma? Sim, tenho uma tatuagem nas costas.

Concorda com os que dizem que o homem inventou as cidades para se proteger da natureza? Sim, concordo.

Já lhe aconteceu segurar uma porta para alguém passar, por exemplo, e a pessoa passar sem olhar para si nem lhe agradecer? Já me aconteceu segurar uma porta para alguém passar e a pessoa não agradecer mas nessas alturas não digo nada. Limito-me a seguir o meu caminho. Considero que é uma questão de educação.

Costuma tapar os números quando está a marcar o código no multibanco? Não, não tenho esse cuidado.

Gostaria de ter vivido noutra época? Em qual e porquê? Gosto de viver na época em que estamos.

Tem medo das alturas ou qualquer outra fobia? Não, não tenho nada que me assuste particularmente.

Filipe Ramalho

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...