uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Da Escola Secundária do Forte da Casa para o atletismo do Sporting
Ilírio Nazaré e Tiago Silva

Da Escola Secundária do Forte da Casa para o atletismo do Sporting

Tiago Silva e Ilírio Nazaré são duas das mais recentes esperanças do atletismo nascidas no desporto escolar do concelho de Vila Franca de Xira. O topo nacional nas suas especialidades é o objectivo de ambos.

Edição de 08.02.2018 | Desporto

Tiago Silva e Ilírio Nazaré fizeram este ano a estreia no Campeonato Nacional de Juniores de Atletismo, três meses depois de terem chegado à equipa de atletismo do Sporting Clube de Portugal provenientes do desporto escolar da Escola Secundária do Forte da Casa.
Com 17 anos, estes dois atletas do concelho de Vila Franca de Xira escolheram o atletismo por motivos diferentes. Ilírio Nazaré foi desafiado por uns amigos a experimentar o desporto escolar quando estava no nono ano. Um ano depois começou a praticar atletismo federado, tendo inclusive participado nos jogos da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP), em 2016, onde conquistou uma medalha de ouro nos 100 metros e uma de prata nos 200 metros.
Já Tiago Silva viu a entrada no atletismo como uma alternativa, aos 16 anos, depois de um problema com o treinador da equipa de futsal onde estava há vários anos.”Experimentei o desporto escolar, comecei a fazer boas marcas e a perceber que tinha algum jeito para isto, então acabei por aqui ficar”, explicou a O MIRANTE.
Ilírio Nazaré define-se como um especialista na velocidade. Contudo este ano foi convidado a experimentar o lançamento do dardo e até admite que está a correr bem a adaptação, graças à sua compleição física. Tiago Silva destaca-se no lançamento do peso, onde alcançou o sexto lugar a nível nacional, e está agora a dar os primeiros passos no lançamento do martelo.
Treinam todos os dias na pista de atletismo do Lumiar, durante cerca de duas horas, sempre depois das aulas. Conjugar os treinos com as aulas nem sempre é fácil e os horários escolares preenchidos, aos quais se acrescenta o tempo de estudo, acabam muitas vezes por retirar tempo de treino. “Muitas vezes não consigo treinar as duas horas porque chego cá tarde e a pista encerra às 22h00”, desabafa Tiago Silva.
Ambos estão a concluir o ensino secundário. Tiago Silva está na área das Ciências e Tecnologias. O grande objectivo é ser atleta profissional e participar nos Jogos Olímpicos. Tem como plano alternativo estudar “uma das engenharias”. No entanto reconhece que não está a ser fácil conjugar as boas marcas no atletismo com as boas notas, sobretudo porque “grande parte dos professores não é compreensiva”. Esta situação gera também alguma tensão com a família, que “empurra sempre mais para o lado da escola”.
Ilírio Nazaré está no curso técnico-profissional de Desporto, mas com o objectivo de entrar para o corpo de fuzileiros. Actualmente reconhece que é mais fácil conjugar a escola com os treinos, já que se encontra a realizar um estágio curricular no Sporting.
Entre escola e treinos, o tempo para saírem com os amigos e com a família acaba por ser muito pouco. Algo que é encarado com normalidade por Tiago Silva e Ilírio Nazaré, que garantem estar “focados a 100%” para se tornarem cada vez melhores atletas e chegarem ao topo nacional.

Vila Franca de Xira é uma base de recrutamento para Sporting e Benfica

Tiago Silva e Ilírio Nazaré são os dois exemplos mais recentes de atletas oriundos de escolas do concelho de Vila Franca de Xira que foram recrutados para as equipas de atletismo do Benfica e Sporting.
Desde 2009, quando João Pereira saiu da Escola D. Martinho Vaz de Castelo Branco, na Póvoa de Santa Iria, para o Benfica, já são 16 os atletas que seguiram um percurso semelhante. Para a professora Isabel Caldas, responsável pela equipa do desporto escolar na Póvoa de Santa Iria, este fenómeno acontece devido ao grande número de oportunidades que todos os anos o desporto escolar abre aos jovens do concelho, quer a nível de treino, quer a nível de competições, e também devido à dedicação de todos os treinadores em ensinar da melhor forma todos os jovens que procuram a modalidade. “Os clubes grandes de Lisboa sabem que nós aqui trabalhamos bem, então estão sempre atentos aos nossos atletas”, explica a O MIRANTE.

Da Escola Secundária do Forte da Casa para o atletismo do Sporting

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...